A profecia de Karl Marx

“Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar bens caros, casas e tecnologia, fazendo-os dever cada vez mais, até que se torne insuportável. O débito não pago levará os bancos à falência, que terão que ser nacionalizados pelo Estado” in Das Kapital, 1867

Como vêm Karl Marx profetizou esta crise económica não de liquidez, mas de endividamento em 1867.

Esta crise ainda não é nada, o pior ainda está para vir, até agora foi só o início da Mundialização Selvagem do Grande Capital e das Sociedades Secretas que marcará a Humanidade e a sua História mais do que Crash da Bolsa em Wall Street.

Quem julga que esta crise não é intencional nem arquitectada, quem acredita na mentira de que está a passar, bem se engana. Primeiramente foram as deslocalizações de empresas para o oriente que causaram os primeiros despedimentos massivos, que por sua vez causaram a diminuição do poder de compra das famílias ocidentais sem subir o nível médio/médio-baixo/baixo das famílias orientais, que por sua vez causou a contracção do mercado mundial.

Tudo visou fazer dinheiro, muito dinheiro, obter o maior lucro possível, imperando as regras do Capitalismo Selvagens, da Banca e da Especulação Financeira, que tornaram 90% da economia existente em economia virtual, sendo apenas 10% real, e mandaram milhões para o desemprego.

Isto tudo para provocar o colapso do dólar levando a Economia Mundial à ruina aparecendo um Estado Mundial Único Salavador aclamado pela Humanidade. E assim será o ínicio de uma Nova Ordem Mundial.

  1. Esquila
    Dezembro 2, 2009 às 15:17

    Pois é! Isto é exactamente o oposto do que se pretende para o bem-estar da Humanidade, que deve ser assim: “Se vires um homem com fome, não lhe dês um peixe. Ensina-o a pescar”. Realmente tudo se encaminha para uma Nova Ordem Mundial, todos os dias os próprios governantes dão a entender isso, e a sua actuação, por exemplo, relativamente ao desemprego, vai nesse sentido. Então, não era preferível o governo baixar os impostos das pequenas e médias empresas, de modo a garantir os postos de trabalho? Não recebiam tantos impostos, mas também não tinham de pagar os subsídios de desemprego e os trabalhadores continuavem a fazer os seus descontos para a Segurança Social. Só havia vantagens, mas isto não interessa, porque quanto mais depressa tudo estoirar, mais depressa eles fazem o que têm em mente.
    E, cada um de nós, o que é que pode fazer? Ficamos a assistir, impávidos e serenos a tudo isto?
    Bom artigo, Krípton, é preciso é colocar o dedo na ferida, quanto mais não seja!

  2. mekie
    Dezembro 2, 2009 às 16:40

    Essa frase não está no livro do Marx.

    Google it.

  3. Krípton
    Dezembro 4, 2009 às 13:53

    Uma pergunta capital. Alguém já leu o Capital de Karl Marx?

  4. mekie
    Dezembro 4, 2009 às 15:57

    E tu, já leste? Se sim, indica-me a página em questão.

  5. EfeGueiros
    Novembro 20, 2010 às 13:01

    Amigo…

    As utopias de Karl Max, só tem lugar, lógico ou comum, se caso vivessemos numa politica monetária de “escambos”. Ou seja:

    De troca, troca… Exemplo: Seis ovos por uma boa galinha poedeira…

    Fraternos abraços…

  6. guilherme
    Dezembro 13, 2010 às 23:39

    Onde é que foste buscar esta ideia? “sem subir o nível médio/médio-baixo/baixo das famílias orientais”.

    Se isto é verdade, prova-me com dados sff

  7. Daniel
    Abril 12, 2011 às 21:48

    To tentando faser um trabalho sobre marx e muito dificio tem que ter:
    -Introdução
    -Desenvolvimento
    -Conclusão
    -Bibliografia
    -Etc

  8. joaquim marques
    Setembro 7, 2012 às 20:02

    Em vez de desatarem a oerguntarem ou acusarem uns aos ouytros se leram Karl Marx, teria maisinteresse limitarem os seus comentários àquela professia.
    Trata.se de uma habilidade vulgar para fugir à conversa ou quando se foge atirar coisas ao chão para criar obstásulos ao nosso perseguidos.
    O primeiro comentador foi o que conseguiu comentar.
    Que interessa ter-se lido o livro se estamos em presença de um pensamento isolado para o qual se pediu comentários..

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: