Início > Banca, Economia e Finanças > Dívida do Estado representa já 113,3% do PIB

Dívida do Estado representa já 113,3% do PIB

Dívida do Estado representa já 113,3% do PIB” O enorme agravamento da dívida pública entre 2008 e 2009 dava para pagar cinco aeroportos de Alcochete.(…) A dívida do Estado soma 182,6 mil milhões de euros, o que representa 113,3% do Produto Interno Bruto (PIB) – um aumento de 28 milhões em apenas um ano. Só em juros, Portugal paga 5 mil milhões de euros.

Enganaram-se o aumento é de 28 mil milhões e não de 28 milhões… Adiante… Alguém me explica porque é que os jornalistas fazem sempre comparação com obras públicas(Alcochete,TGV etc) em vez de compararem com o dinheiro no bolso dos Portugueses? Por exemplo poderiam dizer que o Estado tirou 2800 Euros para cada Português desde o recém nascido ao velho de 100 anos…sem estes darem por isso… Assim 2800 Euros tirados só neste ano(ainda não acabou!) pelo Estado a cada Português sem estes o saberem uma vez que é dívida e não impostos ou taxas, repito desde o recém nascido ao velho de 100 anos…ou se quiser fazer as contas aos 40% que trabalham: 7000 Euros por cada trabalhador. É isso que vamos ter de pagar no futuro só por este ano. Refiro ainda que os planos do grupo bilderberg eram precisamente estes. Apoiar a subida ao poder de governos de pseudo esquerda, que instituissem politicas de direita, para as elites, e para as massas, politicas de esquerda ruinosas. A intenção é fazer crescer a divida publica, ou seja, a dependencia das instituições financeiras internacionais, onde a recente crise economica teve um papel preponderante como justificação para contrair essa mesma divida, com pretextos diversos, desde salvar o sector bancário, a ajudar PMEs(as dos amigos do partido), subsidios(que nunca chegam), etc.

http://www.ionline.pt/conteudo/36091-divida-do-estado-representa-ja-1133-do-pib

  1. arqman
    Dezembro 9, 2009 às 15:40

    Os estados são como as famílias, mais cedo ou mais tarde a situação rebenta por algum lado.
    Já contece de uma forma pouco discernivel, mas não tarda será bem visivel que o Estado terá de abdicar de certos “encargos” para pagar as suas dividas (porque obviamente não serão os bancos Bilderberg que ficarão sem o receber). Teremos Segurança Social? Teremos estradas nacionais “grátis”? Teremos hospitais e tribunais abertos ao cidadão? Etc, etc… Veremos

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: