Início > Aquecimento Global, Banca, Economia e Finanças, Ciências da Saúde, Ecologia, New World Order, Política > Greenpeace financiado pela elite mafiosa eugenista corporativa / Greenpeace dá tiro no pé

Greenpeace financiado pela elite mafiosa eugenista corporativa / Greenpeace dá tiro no pé

Greenpeace financiado pela elite mafiosa eugenista corporativa

Pesquisando algo mais sobre a conspiração climática, o ”Climategate” encontrei essa interessante informação que o mínimo nos faz pensar sobre o que é realmente nobre e o que é obscuro em nossa ilusória realidade ditada pelas mídias corporativas mundiais. A lista abaixo contém os nomes dos patrocinadores do movimento ambiental Greenpeace. A presença de doadores como a família Rockefeller entre os nomes da lista nos faz pensar o que realmente tem de sério e correto nessa ONG.

Originalmente em:
http://fimdostempos.net/greenpeace-financiada-elite.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+fimdostempos+%28FimdosTempos.net%29&utm_content=Yahoo%21+Mail

 

Greenpeace dá tiro no pé

 

3/abr/09 (Alerta em Rede) – Nunca antes neste país uma ONG ambientalista foi tão xingada quanto o Greenpeace, anteontem, durante e depois de uma de suas manifestações cinematográfica$, desta feita na ponte Rio-Niteroi. Ás 7 da manhã, 15 alpinistas a serviço da ONG começaram a estender uma faixa gigantesca no vão central da ponte onde se lia, em inglês, “Líderes mundiais: clima e pessoas primeiro”. O objetivo, claro, era chamar a atenção dos governantes do G-20, que estavam em Londres (11h), para o apocalíptico aquecimento global antropogênico. 

Para quem não sabe, a ponte Rio-Niterói é um dos pontos mais nevrálgicos e sensíveis para o trânsito do Grande Rio. Mesmo que os ativistas tenham bloqueado temporariamente apenas uma das três faixas de rolamento sentido Rio, era hora do rush e o colossal engarrafamento provocado pelo Greenpeace perdurou por horas. 

Os 21 ativistas do Greenpeace que estavam na ponte foram detidos, dos quais 11 estrangeiros foram encaminhados para a Polícia Federal, mas todos foram liberados por não terem fichas criminais e também porque a PF resolveu não enquadrá-los, como solicitado pela Polícia Rodoviária Federal, nos crimes contra a segurança aeronáutica e marítima, além de desacato a autoridade e bloqueio de via de segurança nacional. [1] 

Em outra frente, os principais jornais e blogues agregados do Rio foram inundados por cartas e mensagens sobre o assunto, sendo a maioria esmagadora em tom irado contra o Greenpeace, cujos ativistas foram tratados de “fanfarrões” para baixo. Uma boa parte dessa reação popular identificou corretamente a mancada da ONG ao promover um protesto contra o aquecimento global antropogênico por meio de um gigantesco engarrafamento: “Se eles estão fazendo um movimento contra o aquecimento global, deveriam saber que o principal causador é o gás CO2. O anda e para do trânsito faz lançar muito mais combustível, toneladas de poluentes no ar, causando um aumento absurdo de emissão. Isso é um contrasenso sem tamanho”, sintetizou Paulina Porto, pesquisadora do Laboratório Interdisciplinar de Meio Ambiente da UFRJ. 

Porém, poucos se deram conta que o Greenpeace estava pouco se importando com os prejuízos causados aos nativos locais, desde que sua “mensagem” chegasse na hora certa ao centro do poder reunido em Londres. Assim também como poucos sabem que o Greenpeace, em sua propaganda subliminar para conquistar novos contribuintes, escamoteia a verdade ao afirmar que só recebe contribuições de indivíduos. Ao menos nos EUA, onde esse tipo de “filantropia” tem que ser declarado ao fisco com detalhes e acesso público, a lista abaixo revela de onde vem boa parte do ervanário dos bravos guerreiros do arco-íris (valores em US$): [2]

Funding From Foundations & Corporations Total Donated [Time Frame]

Turner Foundation  $1,390,000  [1996 – 2001]

Rockefeller Brothers Fund $1,080,000 [1997 – 2005]

John D. & Catherine T. MacArthur Foundation $841,365 [1997 – 2002]

V. Kann Rasmussen Foundation $456,000 [2002 – 2003]

David & Lucile Packard Foundation $450,000 [2000 – 2000]

Blue Moon Fund $370,000 [1998 – 2002]

Trust for Mutual Understanding $316,000 [1995 – 2004]

Marisla Foundation $250,000 [2001 – 2004]

Charles Stewart Mott Foundation $249,000 [1999 – 2002]

Wallace Global Fund $245,000 [1999 – 2002]

Wilburforce Foundation $226,900 [2000 – 2005]

Scherman Foundation $200,000 [2001 – 2005]

Lannan Foundation $200,000 [1995 – 1996]

Joyce Foundation $200,000 [1993 – 1997]

Nathan Cummings Foundation $152,000 [1990 – 2003]

Columbia Foundation $150,000 [2000 – 2001]

Rex Foundation $116,796 [1984 – 1995]

Firedoll Foundation $115,000 [2000 – 2005]

Panaphil Foundation $115,000 [1998 – 2005]

Rockefeller Family Fund $115,000 [2002 – 2005]

Winslow Foundation $115,000 [2000 – 2006]

Ploughshares Foundation $104,000 [1998 – 2005]

Brainerd Foundation $100,000 [2000 – 2001]

Harold K. Hochschild Foundation $100,000 [1995 – 2001]

Westwind Foundation $87,250 [2001 – 2003]

Capital Group Companies Charitable Foundation $86,000 [1999 – 2006]

John Merck Fund $80,000 [2000 – 2002]

Catharine Hawkins Foundation $77,000 [2000 – 2006]

Holborn Foundation $75,000 [1999 – 2006]

Public Welfare Foundation $75,000 [1994 – 1994]

Clarence E. Heller Charitable Foundation $75,000 [2000 – 2000]

Compton Foundation $72,500 [2000 – 2004]

Pond Foundation $72,000 [2000 – 2002]

Prentice Foundation $69,500 [2000 – 2005]

CGMK Foundation $65,000 [2001 – 2006]

Lynn R. & Karl E. Prickett Fund $64,832 [1999 – 2004]

L.C. & Margaret Walker Foundation $63,846 [2001 – 2004]

Brownington Foundation $62,000 [1999 – 2004]

Beldon Fund $60,000 [1995 – 2000]

Makray Family Foundation $59,000 [2000 – 2006]

New York Community Trust $55,950 [1997 – 2001]

Ruth Covo Family Foundation $53,000 [1998 – 2005]

Mertz Gilmore Foundation $50,000 [1998 – 1998]

Nightingale Code Foundation $44,832 [2000 – 2000]

Monterey Fund $41,400 [1998 – 2005]

Bauman Family Foundation $40,000 [2003 – 2003]

David L. Klein, Jr. Foundation $40,000 [1999 – 2000]

Butler Family Fund $40,000 [2006 – 2006]

Adam Richter Charitable Trust $36,000 [1998 – 2004]

Benjamin J. Rosenthal Foundation $35,000 [1998 – 2004]

Fidelity Charitable Gift Fund $35,000 [2004 – 2004]

Messengers of Healing Winds Foundation $32,500 [1998 – 2004]

California Community Foundation $31,690 [2000 – 2005]

Max & Anna Levinson Foundation $31,000 [2000 – 2006]

Notas:
[1] Greenpeace: manifestação que polui e estressa, Jornal do Brasil, 01/04/2009.
[2] www.activistcash.com/organization_financials_full.cfm/oid/131  , capturado em 03/04/2009.

Originalmente em: http://www.alerta.inf.br/Geral/1486.html

  1. Vitorino Batalim
    Dezembro 12, 2009 às 14:35

    Tenho agora a confirmação daquilo de que suspeitava há muito. Desde há vários anos pergunto a mim mesmo onde iria a Greenpeace angariare tantos fundos quanto os necessarios para manter tanto equipamento tão caro quer para aquisição quer para manutenção e até para o simples estacionamento. Sim. Até para o estacionamento porque ancorar um barco num porto qualquer ou um avião ou helicóptero num aeroporto custa os olhos da cara. Despesas estas a que acrescem as de manutenção de escritorios em terra e dos pessoal que nela trabalha. Ao contrario de ser, como aparetemente se mostra,contra os grandes poluidores ela não passa de uma organização de caracter mafioso, como são ops grandes capitalistas, ao seu serviço. Mas não é só a Greenpeace. Se olharmos à nossa volta, para qualquer ONG não podemos deixar de concluir, que vivendo elas à custa de grandes interesses não podem ser sérias nem prosseguir os fins que dizem ser os seus. Há que impedir os governos de, através das milhentas ONGS existentes, delapidarem o erário público, roubarem os contribuintes para a título de apoio às ONGS mais não fazerem do que enmfiar milhões nos bolsos de criminosos.

  2. Julho 15, 2013 às 2:42

    Sugary site! I came across the idea while searching about Bing Media. Are there almost any easy methods to receive marketed in Bing Reports? I have been previously trying for a while having said that i certainly not often reach one’s destination! Thanks a lot

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: