O Caminho para a Nova Ordem Mundial

Creio que a criação da Selva Civilizacional em que vivemos faz parte da Caminhada para a Nova Ordem Mundial.

Esta Selva deve-se ao excesso de REGRAS levadas ao extremo, ao excesso de zelo na aplicação das mesmas, que só sufocam e desgastam quem quer trabalhar, e à bipolarização das mesmas regras (na teoria são uma coisa, na pratica outra completamente diferente) que provocam distúrbios emocionais e psíquicos (é impossível que estes distúrbios não interfiram no rendimento laboral e bem-estar de cada um), sendo, geralmente, impossível cumpri-las

Posteriormente, sucedem-lhes coimas por incumprimento das regras (aparentemente injustas) e um aumento considerável da carga fiscal insuportável (diz-se ser a nossa contribuição social) para os orçamentos das empresas e principalmente das famílias, vivendo estas quotidianamente com a corda na garganta tendo repercussões na produção nacional, poder de compra e desemprego… levando à fuga de impostos (para quem pode) e outras arbitrariedades do género…

São estes os principais motivos que estão na génese das desigualdades sociais e do chamado pequeno crime que criaram a tal Selva na qual vivemos que impulsionará o Governo Mundial para reestablecer a ordem social.

Se a aplicação da mesma elevada carga fiscal fosse sensata, razoável, regulada, ética e digna, justificar-se-ia o pagamento desta tributação desmedida, mas como já não acredito no Estado, vejo-o como um Entidade de “Má Fé”, mais desumana, perversa, arrogante, prepotente, imune às leis que legislam e bem mais obcecada pelo “dinheiro fácil” que a classe patronal e empresarial. Por isso não acredito nos benefícios de PIB’s dependes de máquinas públicas pesadas e despesistas nem em monopolismo de Estado, aliás sou anti-monopólios, considero-os anti-natura, não há nada mais capitalista e autoritário que o monopolismo de Estado.

Tendo este ponto de vista só poderei considerar que esta tributação excessiva, doentia e obsessiva só terá razão de ser para manter a população economicamente asfixiada e presa à subsidio-dependência, não havendo melhor forma para controlar e manipular um povo inteiro.

Depois de grande parte da população mundial dependente dos subsídios públicos o passo seguinte será a implementação de uma Nova Ordem Mundial. 

Apesar de tudo, não vale a pena criar Demónios onde não existem, a vida não é fácil e o comportamento dos Humanos nem sempre ou nunca é o melhor. Nós não estaríamos imunes aos erros da classe politica que nos representa caso estivéssemos no lugar deles, e creio que uma Nova Ordem Mundial é essencial para criação de um Governo Mundial, sendo este último fulcral para a divulgação do “Disclosure Project“, que está na base da divulgação ao Mundo da existência de Vida Extraterreste e nas ligações comerciais com os mesmos. É importante que se estipule institucionalmente uma Liderança Mundial que nos represente inter-galacticamente, debater assuntos globais em cimeiras com acordos com centenas de países não é sustentável nem viável para a nossa evolução civilizacional.

Admitindo que o Governo Mundial é primordial para este avanço civilizacional, contudo não significa que deixemos de batalhar contra a perversidade, autoritarismo e tirania que caracterizam aquele que será o primeiro Governo Mundial. 

Enfim, concluindo, haja Governo Mundial ou não,  Conspiração ou não,  Extraterrestres ou não,  o essencial é que a gestão pública seja bem-feita, qualquer ideologia  pode dar bons frutos, qualquer ideologia pode gerar riqueza, qualquer ideologia pode ter resultados positivos, repito, desde que a gestão pública seja bem-feita. 

O grande problema da débil gestão pública está precisamente na fraca qualidade humana e formação profissional de quem gere aquilo que dizemos que é de Todos, o Estado, sem resolvermos este problema primordial tudo o que venha à baila são mesquinhices que a comunicação social iletrada e este povo estupidificado tanto gostam de debater.

Com um povo estupidificado, formatação na educação, a justiça não funciona, uma comunicação social iletrada manipulável, governos ambiciosos corruptos maus gestores do erário público, o desemprego aumenta, poder de compra diminui, aumento exponencial do fosso social, subsidio-dependência, pequena criminalidade aumenta e a insegurança idem… é este o caminho arquitectado para a Nova Ordem Mundial.

Advertisements
  1. Esquila
    Dezembro 30, 2009 às 14:31

    Krípton
    O que se verifica no meio disto tudo é, em primeiro lugar, uma grande dose de desonestidade, por parte dos governantes. É preciso, é governarem-se, o mais possível e o mais depressa possível. E em 2º lugar, nem os governantes, nem o povo consideram os dinheiros do Estado, como sendo de todos nós. Os gastos nos serviços públicos fazem-se sem a mínima noção de poupança, porque não se está a gastar o nosso dinheiro, mas o do Estado.
    Assim, não vamos a lado nenhum!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: