Início > Banca, Economia e Finanças, Censura, Geral, História, New World Order > Umas Diferençazinhas entre o antes e o depois do 25 de Abril – Estudo de Caso e Reflexões de um Empresário Português

Umas Diferençazinhas entre o antes e o depois do 25 de Abril – Estudo de Caso e Reflexões de um Empresário Português

O presente artigo é uma reflexão seguida de um estudo realizado em 2005 por um empresário português, que por enquanto não quis ser identificado. Agradeço ao referido senhor ter-me facultado o documento que se segue:

UMAS DIFERENÇAZINHAS ENTRE O ANTES E O DEPOIS DO 25 DE ABRIL

ANTES: – Não havia liberdade para dizer mal do governo.
DEPOIS: – Foi dada essa liberdade. Mas a quem serve?

ANTES: – Não havia direito à greve. Mas havia uma defesa rigorosa dos direitos do trabalhador, com uma  fiscalização activa, que incidia sobre as condições de trabalho, classificação, remuneração, horário e idade.
DEPOIS: – Foi dado esse direito. Mas quem é que tem tirado partido da greve?

ANTES: – Qualquer trabalhador podia construir casa através de empréstimo da caixa de previdência, bastando para isso, que tivesse terreno. O montante do empréstimo era amortizado em suaves prestações, diluídas no tempo.
DEPOIS: – Acabou esta facilidade.

ANTES: – Havia um país unido, solidário e pacífico.
DEPOIS: – Tivemos um país desunido (com desavenças entre amigos e familiares, incluindo pais e filhos), sem solidariedade e aterrorizado, onde o poder constituído prendia pessoas de bem e tomava à força empresas e propriedades, em nome do socialismo.

ANTES: – Havia um país com ordem, com respeito e sem criminalidade.
DEPOIS: – É o que se sabe: Sem ordem, sem respeito e onde o crime se vulgarizou e o criminoso é protegido e bem tratado. Isto, segundo se diz, em defesa dos direitos humanos. Até parece que os direitos humanos são só para os criminosos e não para o povo.

ANTES: – Só iam para o governo as pessoas mais competentes. Eram governantes responsáveis pelos bens e dinheiro públicos. O país era bem governado e a despesa pública era mínima. Não havia excesso de funcionários públicos e os ordenados eram baixos, não superiores aos dos privados. Não havia viagens frequentes dos políticos, não havia dinheiro público mal gasto.
Assim, havia confiança, os impostos eram pequenos e o máximo de capital era encaminhado para o investimento.
DEPOIS: – É o que se sabe… A despesa pública é um “monstro” insustentável e não há impostos que cheguem. Coitado do povo!

ANTES: – Não havia incêndios florestais.
DEPOIS: – É o que se sabe…, uma calamidade.

ANTES: – Tínhamos uma economia forte e saudável, com um crescimento sustentado dos maiores do mundo, senão o maior. Os trabalhadores aumentavam o seu poder de compra mais de 20% ao ano. E não havia desempregados.
DEPOIS: – Foi desbaratada a economia, aniquilado o crescimento e o desemprego aumenta progressivamente. O país caminha, assim, para a penúria.
 
ANTES: – As pessoas poupavam e amealhavam.
DEPOIS: – As pessoas gastam tudo e endividam-se.

————-//————-

Comparando PASSADO com PRESENTE

O SALÁRIO DOS TRABALHADORES PRIVADOS ANTES E PÓS-25 DE ABRIL

PEQUENA EMPRESA

Inflação:

Até 1974 – Diminuta.

De 1974 a 1995 – Aumento superior a 25 vezes. Há um disparo desordenado da inflação.

De 1974 a 2005 – Aumento superior a 30 vezes (Exemplo: – Apartamento e automóvel aumentaram mais de 50 vezes; gás e electricidade – cerca de 40 vezes; pão, carne, peixe, bacalhau e massa – cerca de 30 vezes; arroz e açúcar – cerca de 25 vezes; iogurte – cerca de 35 vezes; sandes, pastéis e café – cerca de 100 vezes).

Conclusão:

Antes do 25 de Abril, por cada período de 5 anos, os trabalhadores duplicavam o seu salário e aproximadamente o seu poder de compra. Este aumento verificou-se no período de 1970 a 1974, apenas 4 anos, querendo dizer que estávamos, então, no período mais alto de crescimento.

De 1960 a 1974 – 14 anos – os trabalhadores aumentaram aproximadamente 7 vezes o seu salário, a que corresponde um aumento pelo menos de 5 vezes o seu poder de compra. É impressionante! Mas é verdade, facilmente comprovável. 

Quer queiramos, quer não, era o crescimento que tínhamos em Portugal, talvez o maior do mundo, que permitia uma aproximação rápida aos maiores níveis da Europa, então no auge das convulsões sociais, logo que chegou o desafogo do pós-guerra.

E não havia desemprego, nem mesmo para os deficientes. Uma parte da mão de obra era absorvida pela agricultura, pescas e turismo, sectores, infelizmente, estrangulados após o 25 de Abril. A outra parte não chegava para o comércio e indústria. O pessoal que se ia deslocando das zonas serranas e terras mais interiorizadas era insuficiente para as necessidades. Pelo menos, assim acontecia na zona centro, a que pertence a empresa referenciada.

Foi esta situação que o 25 de Abril veio inverter, como adiante se verá. Mas se quisermos parar um momento para pensar…, o que é que se podia esperar de pessoas há tanto tempo exiladas ou na cadeia, que não podiam viver livres no país, dentro do regime existente? Eram pessoas capazes de pisar a bandeira nacional, cheias de ódio ao país e a tudo o que era produto do regime que não os tolerava. Eram, por isso mesmo, pessoas com uma profunda sede de vingança.

Pensando bem, até acabamos por não estranhar o mal que fizeram a este país. Um país até então crescente, pacífico, social e solidário. Um país governado por gente competente e de bem, que não explorava o povo e que tinha responsabilidade pela coisa pública. Um país onde dava prazer e alegria viver.

Após o 25 de Abril de 1974, os trabalhadores privados perderam o ritmo de crescimento, não conservaram sequer o que ganhavam, em termos reais, e perderam poder de compra. Para que conservassem o mesmo poder de compra, era preciso que o salário de 1974 tivesse aumentado pelo menos 25 vezes em 1995 e pelo menos 30 vezes em 2005, o que não aconteceu. Exemplo no quadro a seguir: 

Em 1974 um trabalhador precisava de 11 meses de salário para comprar um automóvel.
 
Em 2005 este trabalhador precisava de 22 meses de salário para comprar um automóvel equivalente.

Depois de 1974, saciada que foi a sede de vingança, com a destruição generalizada da estrutura industrial e comercial, dos fundos públicos, dos bons costumes e propósitos, e de outros valores nacionais, cria-se uma despesa pública escandalosa, imoral e incomportável, que está a asfixiar o país e a arrastá-lo para uma situação desesperada, cujas consequências não serão certamente boas.

  1. rbzone
    Janeiro 2, 2010 às 23:21

    acho q nao abona mto a favor da fama do blog ter artigos deste género. este artigo é feito por alguem q é apoiante do salazarismo e ataca tudo o q se passou depois. a verdade, é q ambos os sitemas têm pós e contras, e qq pessoa q se digne a fazer uma análise verdadeira e imparcial sabe reconhecer isso mesmo, o q nao é o caso do autor deste texto. esta técnica é exactamente a mesma usada pelos detractores do salazarismo. diabolizam, exageram, os aspectos negativos, e suavizam ou omitem os positivos(neste caso, do pós 25 de abril)

    • luis
      Julho 8, 2015 às 13:27

      pois é as verdades doem não é

      • Gaspar
        Abril 15, 2016 às 0:36

        Posso confirmar tudo o que está em cima e acrescentar que o Salazar recebia de reforma em 1965 2.726$00, umas 4 ou 5 vezes o que eu ganhava como aprendiz, não havia inflação, ainda me lembro de haver duas qualidades de bacalhau a 5$00 e 7$50, em toda a vida política só usou 2 carros, 1 cadilac e 1 chefrolé, a PIDE comprou-lhe um Mercedes mas ele nunca o usou por ser de marca alemã, já vi na televisão demolir casas inscritas nas finanças e outras que não estavam inscritas por interesses de capitalistas se fosse o Salazar nunca deixava que destruíssem as casas nem que tivessem sido construídas na noite anterior desde que estivesse já habitada não havia ordem para despejo só tinha que ser inscrita nas Finanças. Salazar já foi considerado como um dos maiores investidores do século passado pela maneira como ele negociou com os países em guerra os mantimentos e o Wolframio que vendeu para a Alemanha e para os Aliados, tinha várias contas no Banco Suíço para onde eram feitos os pagamentos e havia ordem de comprar logo ouro só as libras Inglesas é que não eram trocadas por ouro a pedido dos Ingleses e ao abrigo da velha aliança, se tivesse trocado as libras tinha juntado mais de 1.000 toneladas. Salazar já foi considerado como um dos maiores investidores do século passado, ainda vai ser considerado como um dos maiores estadista e dos mais inteligentes do século passado. Para terminar quero dizer que tenho mais medo de viver nesta ditadura com o nome de democracia que não respeitam ninguém, do que na ditadura do Salazar
        .

  2. Krípton
    Janeiro 3, 2010 às 13:09

    Não considero este texto ultrajante, muito pelo contrário, se o autor é salazarista, como já foi admitido em “posts” anteriores, é natural que defenda a sua causa, é um acto puramente humano defender os seus interesses, demonstrar o seu desagrado em relação às suas ideologias oponentes.
    Seria benéfico e ideologicamente enriquecedor para este blogue e grupo de tertúlias que um dos users/tertuliantes fizesse jus àquilo que acredita/defende e postasse as glórias pró-abrilistas pós-25 de Abril, os contras/podres do Estado Novo que seguramente também existem, evidentemente, porque todos os regimes têm os seus momentos áureos, de progresso, de evolução, criam-se os vícios próprios de quem está no poder, surge o descontentamento, involuem e passam à decadência até ao seu último dia de vida.
    A grande falha de todos os regimes são os tiques “autoritaroides” de quem está no poder e que quer queiram, quer não, mais tarde ou mais cedo, acabam sempre por usa-lo em seu próprio proveito e beneficio, usando e abusando do poder que lhe concedido legitima ou ilegitimamente. 1º porque está no código genético humano a ambição na luta pelo poder, na manutenção do mesmo e na fantástica sensação de ter terceiros sob o seu controlo, 2º o capitalismo sempre foi a grande ambição do Homem, quer sejam de direita ou de esquerda, Cosmopolitas ou Autocratas (todos queremos o mesmo, dinheiro, muito dinheiro, bens materiais, conforto e poder) e não o reconhecer é um erro crasso na superação deste defeito psicológico/ego gigantesco da humanidade para a nossa evolução civilizacional, 3º é impossível manter uma sociedade presa sistematicamente a um regimes ideológico, leva-lo-á à criação de vícios e consequentemente à sua ruína (como já se verificou várias vezes ao longo da história). Logo é importante para um país a alteração periódica de regimes, para a “experienciação” e fortalecimento das características de uma Nação inteira.

  3. aziomanoris
    Janeiro 3, 2010 às 18:06

    Caro rbzone, considero que o blog deve primar por divulgar a verdade, seja ela divulgada por pessoas de esquerda, de direita, de centro ou extremistas. Sendo o blog pluralista, este texto enquadra-se nessa perspectiva, pois dá uma perspectiva de uma realidade factual e concreta que muitos escondem hoje, em dia.

    Em relação ao artigo em si, ele é a análise que um empresário estabelecido antes do 25 de Abril, faz do crescimento económico, de salário e do poder de compra dos trabalhadores. Que há altura era um facto inegável e um dos maiores do mundo na época. Sendo que o artigo versa a altura Marcelista e não Salazarista do Estado-Novo. Apesar de se poder apontar erros ou coisas más ao anterior regime, neste tópico não há volta a dar e por muitas omissões, deturpações e mentiras que se façam e digam!

    Na altura em que Portugal mais cresceu a nível económico e de poder de compra do cidadão em toda a sua longa história, rebenta uma revolução pseudo-libertadora, com muitos factores geradores e diversas vertentes de análise e de acontecimentos, mas será coincidência que a mesma ocorre nessa altura em que Portugal se tornava uma potência económica mundial, começava a explorar o petróleo de Angola e de Cabinda e iria em breve entrar na era da produção nuclear de energia? Tendo imediantamente no pós-revolução tornado-se um dos parentes mais pobres da Europa democrática.

    O período pós revolução destruiu a indústria e as empresas, deu muitos tachos e fez perseguições tão atrozes e em muitos casos piores que as do regime que criticava (engraçado que hoje em dia cada vez saem mais livros, estudos e testemunhos sobre esta matéria, talvez a verdade comece agora a vir ao de cima a conta-gotas). A entrada debilitada e desfasada temporalmente na CEE, veio finalizar o início da irreversível desaceleração da economia e indústria do país. Com negociações criminosas, traidoras e de lesa-pátria de PECs e PACs, tanto de governos de esquerda como de direita. Sendo que as somas avultadas de dinheiro recebido foram mal empregues e não fiscalizadas, o que a par com a alienação das brutais reservas de ouro em prol do BCE, já faz a fará com que o endividamento externo e o aumento do preço do dinheiro para Portugal nunca acabem mas aumentem asfixiantemente.

    Pois é através do sobrendividamento externo que as sociedades secretas manietam e destroem os países e os seus habitantes.

    Acho que se devem apontar os podres e salientar os ganhos, dos anteriores e do actual regímen, mas sinceramente a nível económico acho que o actual não tem nada de bom pelo contrário.

    E se o regime anterior era tão mau como é que não se aprendeu com os erros, se fizeram logo no pós-revolução perseguições ainda piores que as do regime antigo, tivemos os líderes saídos da revolução a pisar a bandeira nacional no estrangeiro (caso do Mário Soares), mas em vez de corrigir o que o regime tinha de mau, fizeram algumas alterações para melhor, exemplo do sistema nacional de saúde, mas praticanmente tudo o que estava bem foi destruído e em alguns casos quando refeito foi-o mal. A nível geral temos mais liberdade, por vezes até demasiada, a nível da censura é encapotada, mas é muito maior e com técnicas mais agressivas, que a maioria nem sequer imagina, enquanto antes era assumida e contra coisas especificas.

    Depois temos hoje o eterno problema da falta de tomates e do sermos uma sociedade politicamente correcta, com medo de dizer as verdades, que come, cala e consente. Em que o zé povinho em vez de se rebelar e revoltar, (desculpem a linguagem vernácula) “é sodomizado a sangue frio, nos seus valores e na sua bolsa, para bancar a escumalha que nos (des)governa”.

    “Ao cidadão tira-se o dinheiro, tiram-se a educação, a cultura e deturpam-se os valores, depois os bens essenciais, depois a liberdade. E tudo isto juntamente com a pressão psicológica inerente e o stresse do cotidiano aceleradamente exacerbado da sociedade actual, faz com que os indivíduos se tornem cada vez mais passivos, amorofos, desaculturados, alienados a viver na virtualidade, totalmente manietados e controlados na sua evolução, descanbando na maioria dos casos na involução conscientiva, através dos vicios do materialismo e dos prazeres virtuais e mentais. Assim será a Nova Ordem Mundial, de cariz autoritário similar ao Nazismo, que irá fazer sucumbir a civilização humana neste planeta.

    Um dado interessante em Portugal pós-abrilada não há orgulho na nação e na sua história e todos os ideólogos da esquerda á direita nacional demonstram a sua pouca honestidade e falta de patriotismo, coisa que não acontece na Russia onde o Estaline apesar do monstro que foi continua a ser uma figura bem tratada e homenageada, pois quer se queira quer não foi uma figura ímpar com defeitos e virtudes. Logo não se percebe que em Portugal, ao contrário do que acontece na Rússia a casa de Salazar não seja um museu, se tenha mudado o nome da Ponte Sobre o Tejo, entre outras aberrações.

    E se, se critica tanto o Estado-Novo, porque não se critica a 1ª República, a Monarquia e a actual Terceira República e se avança para a Quarta República! Será porque na Monarquia, na 1ª e na 3ª Repúblicas a Maçonaria está presente e comanda em peso? Deixo a questão no ar!

    • luis
      Julho 8, 2015 às 13:37

      Bem só podia estar 100% de acordo com este comentário o que deixa muito pouco por acrescentar, está mais que dito.Infelizmente as verdades hoje nem os próprios midia permitem publicar já que eles próprios deturpam a verdade, sendo quase impossível chamar à razão as mentalidades que hj se criaram em torno deste tema “Salazar”, existe demasiada esquerda implantada que impõe a sua visão não permitindo que a realidade de factos possa ser transmitida aos restantes.

  4. rbzone
    Janeiro 3, 2010 às 18:31

    bem, eu volto a repetir,

    qdo se quer um blog q seja uma referencia no q a verdade diz respeito, devemos ter cuidado com aquilo q postamos. se passamos a ser encarados como um blog de gente parcial perdemos toda e qq credibilidade. todos os que aqui participam terão concerteza as suas opinioes pessoais sobre os mais variados temas, mas acredito que a maioria se abstenha de as divulgar ao mundo como se fossem as palavras de cristo q vêm salvar a humanidade.

    além disso, é por demais sabido por todos, ou pela maioria, a tua cegueira e absoluta e admitida parcialidade neste assunto, por isso, discutir este assunto contigo é perda de tempo, pq tu só ves o q queres e ignoras o resto. tu queres ter razao a força.

    tu percebeste mto bem o q é q eu tentei dizer, e é um facto, uma verdade indesmentivel óbvia para todos os q leiam o texto. é um texto feito para limpar a imagem do salazarismo e do estado novo, e um ataque brutal ao regime q se seguiu.

    a verdade, e essa é indesmentivel, por qq pessoa q tenha um minimo de bom senso, e uma pessoa q se preocupe em falar verdade em vez de tentar evangelizar as pessoas para a sua causa, é q ambos os sistemas têm prós e contras. e foi a isso q me referi, q o autor nao estava preocupado com a verdade, estava isso sim preocupado com a sua verdade, e foi isso que transmitiu.

    se isto é suposto ser um blog de pessoas conscientivas, os artigos supostamente devem evelar isso mesmo, e como tal, a imparcialidade deveria ser o denominador comum. o texto nao é imparcial, nem tu és imparcial, e como tal, este texto é digno de estar num qq site de apoio a direita, salazaristas, whatever, mas nao num site conscientivo, nao num site de pessoas q teoricamente se guiam pela consciencia. consciencia e parcialidade, tomar partidos, na politica, sao coisas q nao combinam João.

    e se isto é um blog de direita, ou se é um blog onde cada um pode escrever o q lhe der na pinha, avisa, pq eu bombardeio este blog com artigos contra salazar, só para te ver a meter as garras de fora tipo gato assanhado🙂

    • Janeiro 14, 2015 às 5:39

      Subscrevo este artigo pois nao podia estar mais de acordo.Notavel as verdades factuais que este sr menciona no seu artigo e notavel ,tambem,a coragem que denota ao escrever.Nao se trata de se andar com tendenciosismos politicos de se ser ou da esquerda ou da direita,trata-se ,sim ,de verdades socio,economico e politicas de Portugal antes e depois do 25 de Abril .Os esquerdistas que se deixem de “complexos de esquerda” ao se sentirem incomodados com este artigo,ta?Nao resta mesmo duvidas que a Maçonaria portuguesa tem “lesado economico e politicamente” Portugal mais no pos 25 de Abril do que no antes,com “seu despesismo e chupismo” em relaçao aos diheiros do Estado pondo o Estado social “quase na banca rota e endividado” como,actualmente e infelizmente,Portugal esta..So e´burro quem nao entende isto ou otario ao dar razao a estes “chupistas do Estado” ou sao coniventes com eles(os tubaroes,corruptos de Portugal).Fica,agora ,estas citaçoes notaveis destes filosofos e economistas notaveis que se aplica a Portugal e seus portugueses de agora:”Entre os politicos duma sociedade ou naçao e o povo que o consente,existe uma certa cumplicidade”..(Rousseau);”Se politicos nao prestam ,ha que mudar de politicos ou ,entao de povo”(Kafka);”Se ha homens maus e corruptos a dominarem,entao ´porque os homens bons nao fazem nada…conformam-se com isso…(Edward Burke).Tenho dito e ha que haver uma Nova Uniao Nacional democratica com gente politica diferente ,seria,competente e corajosa,senao,Portugal deixara de ser naçao e passara a nao ser nada ou “a Republica das bananas,chulos,corruptos”!!!E com um povo encarneirado por gente politica enganadora!!!

  5. aziomanoris
    Janeiro 3, 2010 às 19:15

    rbzone ao que parece tu é que ficaste inflamado e não percebeste o que disse acima de certeza nem o que disse kripton só pode. Pois se leste o que escrevi acima, não fazias este comentário. Sabes que sou apolitico e o comentario que fiz atesta isso, e porque não pontas o que discordas no texto em vez de dizeres que deefende o Etado-Novo. Qualquer coisa que seja escondida, deturpada tem toda a lógica de aqui estar, e como tu apesar de eu bem tentar explicar não percebes a missão esotérica que teve o Estado-Novo, não vale a pena discutir contigo, só posso dizer que investigues!

    Já agora porque não postas algo a dizer o que de bom trouxe o actual regimen, quer queiras quer não é irrefutável o regimen que mais cannes destruiu e o único que tinha cariz aglomeração nacional e anti-lobies foi o anterior daí ser o único que é atacado. Não vejo onde é que dizer verdades descrediblize o blog. Cada autor tem o direito de postar a sua opinião e o facato de tu te criticarews mostra que não é parcial. Ainda espero criticas concretas a inverdades no artigo e no estudo em causa, pois ainda nãod este nenhuma.

    O teu atque é que parece cego pois o comentário que fiz acima prova que estás errado. Não percebo é que sejas tão reactivo, e continuas a bater na mesma tecla pois o estudo refere-se ao Marcelismo, enquanto a reflexão do autor refere coisas concretas que estão piores, já dei exemplo do que está melhor no comentário acima, logo continuo perplexo com o teu ataque cerrado ao Estado-Novo, quando o que se refeiu foram coisas concretas que estavam bem e agora estão mal.

    Porque carga de água não hei-de atacar o regime actual que éuma merda na maioria das coisas e que é e sempre foi totalmente controlado pelas sociedades secretas que nos querem escravizar, regime esse que piora todos os dias, achas que tenho de dizer bem dele e não o atacar é? Digo o que está bem e o que está mal. Agora tu é que sempre que se diz algo bem do regime anterior vens atacar a dizer que se está a branqueá-lo.

    Ora deixo-te aqui um dado polémico de estudos concretos e reais, sabias que nas estradas em Portugal continental, morreram em igual período mais pessoas que na guerra colonial?

    Se Salazar era um homem consciente com boa obra feita porque carga de água hei-de ser politicamente correcto e diabolizá-lo como os demais fazem? Depois dizer verdades comoreferi não é tomar partidos, pois remeto outra vez para o comentário acima, tanto divulo verdades do Estado-Novo, como de Comunistas, como de extrema-dreita ou de extrema-esquerda, ou anarquistas desde que digam VERDADES, não sou partidário, nem tomo partidos, sou pela verdade e essa está acima do partidarismo, coisa que tu teimas em não querer encaixar, pois remetes tudo para o partidarismo.

    Logo não é blog de direita nem de esquerda, é para escrever coisas incómodas doa a quem doer critique quem criticar, seja de que fonte for indepenendentemente de credo, religião ou filiação ideológicaou politica. Podes bombardear com artigos contra Salazar desde que tenham nexo e fidedignidade, como em qualquer temática. Se for isso que te der na pinha, agora vires debitar asneiras infudamenadas é que obviamente que não. Mas já que defendes tanto o regime actual e a revolução da tanga, porque não escreves um artigo em que diga tudo o que o actual regime fez mal e o novo fez bem, era interessante e teria todo o gosto em ver um artigo assim no blog.

    Agora uma coisa te digo, o longo estudo da história e das correntes politicas, espirituais, religiosas leva-me a constatar que o que é mais atacado, pelos semelhantes é o que fez mais pelo consciência e menos em prol de si próprio. Logo não respondeste à minha pergunta, porque não se critica e não criticas a monarquia e a 1ª República e como todos os outros criticas somente o Estado-Novo, que foi o único regimen anti sociedades secretas? Faz-me lembrar os que em França criticam o General De Gaulle, quando foi o único que se rebelou, contra a escumalha da NWO como Salazar e Marcelo Caetano, e como criticam hoje em dia, as massas e os media generalizados o Putin, o chavez e o Alberto João Jardim, basicamente o politicamente correcto não permite que se admita que os que se opoem à NWO, fzem mais obra e melhor que os fantoches desta, é tão simples como isso, e todos os que se lhe opões são ditadores e bla bla bla, mas ao fim ao cabo, levam mais desenvolvimento e prosperidade às populações qe os ditadores não-admitidos da NWO e que os seus fantoches democratas.

    Fico à espera do teu artigo e fico contente que tenha uscitado polémica! Quanto a querer evangelizar alguém, não quero evangelizar ninguém, dou a minha visão dos factos sustentada em documentação e factos concretos, quem concordar muito bem quem discordar, discorda. Agora acho que o meu comentário ao teu, sobre a situação económica do país, não há muito que argumentar estava melhor em 1974 e actualmente piora de dia para dia, que é o que ineressa concluir do artigo e não as conclusões que tu tiraste.

  6. rbzone
    Janeiro 3, 2010 às 19:31

    se isto é um blog q defende a verdade, doa a quem doer, quereria dizer q postavas artigos pró e contra salazarismo. onde é q estão os contra?

    fizeste dois posts gigantes nos quais evitaste por completo a questão central q coloquei, por uma razao mto simples, é q sabes q é verdade.

    eu referi-me ao facto de o texto ser parcial, nao ser um texto q tente dizer a verdade, mas sim diabolizar uns e criticar outros, e isso meu caro, dês lá as voltas q dês, e gostes ou nao, tem um nome, manipulação. a estratégia é exactamente a mesma q é usada por todos aqueles q tentam defender a sua causa custe o q custar, atropele-se a verdade ou nao, exagere-se ou nao.

    aquela parte inicial dos antes e depois está ridicula, um caso tipico de má fé por parte de quem o escreveu, pq uma pessoa sensata, em cada um daqueles pontos, teria de desenvolver e justificar, até pq nada do q ele afirma é exactamente assim.

    eu disse q é um texto com mta parcialidade a mistura. achas q estou errado? vamos lá ver ate q ponto a tua cegueira chega.

  7. mekie
    Janeiro 3, 2010 às 20:03

    ANTES: – Não havia incêndios florestais.
    DEPOIS: – É o que se sabe…, uma calamidade.

    LOL

  8. aziomanoris
    Janeiro 3, 2010 às 20:11

    Continuo a dizer não vejo nada de muito diabólico no texto em si, ai nada do que ele afirma é assim lol, a mim parece-me que bastantes afirmações são assim! lol queres que te diga quais são? Diz-me lá quais é que não são nada assim!

    Eu por acaso disse que o texto era imparcial? Não disse agora continuo a dizer que andas á volta do supérfluo e não comentas o essencial, que é a situação económica e os salaários, porque sabes que esses dados são correctos lol.

  9. aziomanoris
    Janeiro 3, 2010 às 20:13

    caro mekie vai ver a taxa de incendios antes e depois do 25 de Abril, ent~ºao na última década foi brutal, coisa interessante tendo em conta os contratos de aluguer de meios aéreos de combate a incêndios e muitos populares terem visto helicópeteros de combate a incêndio a largarem bombas incendiárias.

    • rbzone
      Janeiro 3, 2010 às 20:31

      pois, nao te esqueças é que na altura do salazarismo e estado novo a informação, principalmente a negativa, era omitida, ou adulterada. é tipo o pessoal q morria no ultramar, era tudo desastres estilo quedas de helicoptero, desastres de viação, etc, ninguem morria com tiros🙂

      e justificar um regime pelo numero de incendios florestais…enfim…

      o regime e esta pseudo democracia são ambos faces da mesma moeda, ou seja, para se manterem em vigor precisam de manipular e controlar o povo. o regime totalitário abrevia caminho instituindo-se como partido unico, a democracia apresenta a dualidade esquerda direita como se fosse realmente importante… mas é tudo farinha do mesmo saco. sao pessoas com a mania q sabem o q é melhor para os outros, alem de um apego enorme pelo poder. acham q os designios da nação são os q têm dentro da sua cabeça, e os restantes, têm mais é q juntar-se ao esforço. pois…

      • aziomanoris
        Janeiro 3, 2010 às 21:24

        Engraçado que só pegas no exemplo dos incendios florestais e continuas a não pegar nos outros, pois sabes que na maioria são afirmações correctas.

        No que toca a estudos académicos sobre os incêndios não me parece que fosse omitido esse tipo de informação.

        Tenms que te mentalizar que não é possível teres neste planeta um mundo sem elites, em qualquer lado tens hierarquias, nem que seja um planeta perfeito a nível social, terás elites no poder que te dizem X é assim, para o mundo funcionar em paz. Só se fores adepto da anarquia mas essa é relativa, pois a existência é hierarquica, logo não consegues ter anarquia, pacifismo total, ou caos eternamente, terás sempre condicionantes internas e/ou externas que afectarão isso. Até porque isso não geraria o equilibrio cósmico necessário.

        Se quiseres ir por aí o caminho é de auto-conhecimento individual, mas tu estás num mundo colectivo.

        Volto a frisar o artigo em questão são as reflexões de uma pessoa que passou pelos dois regimes e compara certas coisas que estão pior agora, não quer dizer que critique tudo o que se passa neste, não é.

        Agora também considero que pela proximidade tenha mais lógica criticar o que está mal no regímen em vigor do que no anterior e as comparações são inevitáveis. E sabes bem que critico algumas coisas no Estado-novo, mas na maioria não critico porqueenquadro a época e a politica sombra que tu e a maioria continua a querer ignorar.

        No que toca a guerra é mais lógico e justo mandar tropas para as guerras do Bilderberg onde não temos quaisquer interesses: Ex-Jugoslávia, Iraque, Afeganistão, Somália, entre outros, do que enviar tropas para território nacional para defenderem os colonos e os autoctones portugueses que eram barbaramente massacrados por terroristas, não é?

        Adoro essa argumentção da maioria do pessoal.

  10. mekie
    Janeiro 3, 2010 às 20:27

    É o nível de argumentação básico a que recorres. Até pegas em algo por simples coorrelação. Deverias saber que esta não implica causalidade. Nem tem havido mais incêndios por todo o mundo na altura do Verão, nem nada.

    E se populares dizem, é porque é verdade.

    • aziomanoris
      Janeiro 3, 2010 às 22:01

      A minha argumentação é sempre muito básica, mas às vezes muitos não a percebem, lol. Acho que para meio entendedor o que se quer referir é que as matas estavam mais limpas fosse pelo estado ou pelos particulares, coisa que não acontece hoje, provocando assim que isso potencia a que haja mais incendios nos dias de hoje. Não quero com isto dizer que não há mais factores, pois existem, uma vez que os incêndios são uma situação multifactorial, nas condições para a sua ocorrência e para a sua extinção.

      Os incêndios hoje em dia são em maior número, pois há mais desleixo e muito mais fogos postos e isso é dado público em qualquer local do mundo. Coisa interessante em relação aos incêndios são os locais dos mesmos, são sempre os mesmos Peninsula Ibérica, Austrália, California e Grécia, comparativamente os incêndios nestes locais com os outros locais do mundo é surreal porque é que são sempre estes os mais fustigados, tal não é explicado somente pelo clima.

    • constantino costa
      Janeiro 6, 2014 às 16:11

      rbzone/mekie: Nós os saudosos do “antigamente tentámos não cair em exageros. Mantemo-nos calmos ante as mais desgrenhadas provocações. Às vezes, enganamo-nos com a consciência de estarmos bem connosco próprios, com a força de quem sabe honradamente cumprir o seu dever.
      Subimos de tom por motivos evidentes.
      Nós não somos dos que vendo falecer a democracia partirão para o exílio. Havemos de morrer aqui, porque aqui nascemos. Portugal, ao menos para nós, não é um clube de onde qualquer um se “arrisca de” sócio por não gostar dos estatutos; é a nossa terra, a qual, quando um dia nos cobrir, haveremos de conhecer melhor. É nossa; somos nós.
      Não podemos proceder de outra maneira, convencidos como estamos que do que se trata não é um mero confronto de ideologias políticas; mas trata-se, sim, da própria sobrevivência.
      Temos o direito de nos calar? De ser meiguinhos? Bem educadinhos? E muito civilizadinhos? O nosso dever é lutar. Lutamos pela sobrevivência de Portugal. Queremos um governo que salve Portugal.
      A democracia afoga-nos, subverte-nos, arruína-nos, envenena-nos. Diante dela, a sociedade portuguesa está tolhida, vencida, sucumbida e morta.
      A democracia, é o regime da multidão é a lógica às avessas; é o regime da multidão; do ninguém se entende, do tudo doido. A democracia é contra a Pátria, depois de ser contra a família, depois de ter sido contra Deus.
      Por isso a democracia portuguesa se encontra na fase mais dicifil da sua existência, fugindo do poço da lama para onde foi arrastada.
      A democracia é o repúdio de todos os Heróis, de todas as Personalidades, de todos os Eus.
      Acabo de percorrer alguns comentários e nem um conselho positivo, e nem uma solução positiva!
      Diante de uma casa a arder, não se discutem teorias: apaga-se o fogo, a bem ou a mal.
      A sociedade portuguesa está a arder.
      Arrumem para o lado os incendiários ou os coniventes, encontrem-se eles onde se encontrarem e salvem a nossa Pátria da derrocada.

      Cumprimentos,
      Constantino Costa

  11. rbzone
    Janeiro 3, 2010 às 21:44

    #11

    3º post em q falas de batatas e eu falo de cebolas

    o q está aqui em causa nao é a veracidade de alguma info, o q está aqui em causa é a maneira como o texto foi feito, q é extremamente imparcial. só isso. tu continuas a fugir a questão e bombardeias com pseudo justificações q nao justificam nada. se queres fazer um texto comparativo entre regime e pseudo democracia e queres ser levado a sério tens de falar dos prós e contras de cada um, e isso, nao aconteceu, neste texto em particular, e é sobre isso q eu estou a falar, e tu parece q ou nao percebes ou te fazes de desentendido, ou ainda pior, sabes q é verdade mas é deste tipo de textos q gostas. as nossas conversas sobre este tema dava para escrever um livro, e sabes perfeitamente o q penso e sabes perfeitamente q nao sou faccioso, tanto falo do bom como do mau, de ambos os sistemas, e é isso q se pede a alguem q teoricamente escreve um texto comparativo. é só isso q está aqui em causa. os teus posts todos até agora fogem completamente a critica q fiz ao texto.

  12. aziomanoris
    Janeiro 3, 2010 às 22:10

    Este texto é comparativo qb pois nunca me ouviste dizer que era imparcia, já disse que não o é. Mas continuo a não ver nada de mal nisso, pois como não fui eu que o escrevi, não vejo qualquer problema em publicitar a visão parcial de alguém, uma vez que a informação está correcta, assim como vejo com bons olhos um texto a atacar o regímen anterior, fazendo só comparações negativas. Pois cada vez que se compara algo para dizer mal nem é costume comparar as facetas positivas da outra parte.

    Continuo a frisar este texto é uma comparação que só foca coisas que estão piores hoje em dia do que em 1974. Logo não necessita de ser imparcial, nem tinha lógica que assim fosse de acordo com o artigo e estudo em questão.

    Quanto a um artigo a dizer os prós e os contras de cada regime, acho que seria interessante e mais interessante ainda era um estudo académico que comparasse os 4 regimes no que toca a pros e contras: monarquia na altura do régicídio, 1ª república, estado-novo e 3ª república.

    Deixo aqui o desafio para alguns de nós aqui do blog fazermos esse estudo no futuro, será uma tarefa de pesquisa e de discussão intertessante.

  13. Esquila
    Janeiro 4, 2010 às 18:31

    Meus caros!
    1º. Se vivemos numa democracia, acho muito bem que cada um diga o que lhe vai na alma.E quem não concordar tem a oportunidade de debater, mas, de preferência, sem “facciosismos”.
    2º. Por outro lado, este blog, até pelo seu nome, tem um cariz especial,pelo que eu penso que, o tipo de discussão poderia ser diferente. Penso que “nada acontece por acaso” e seria interessante perceber os acontecimentos, de forma mais profunda, em cada um dos regimes.
    Há pessoas que se sentem ofendidas se alguém promove o Salazarismo, outras, se alguém promove o pós 25 de Abril. O Salazar não foi um “Hitler”, por exemplo, não fez tudo bem, mas também não fez tudo mal. Há muita coisa que desconhecemos, no entanto, ultimamente têm sido publicadas várias obras que nos poderão dar uma ideia mais clara deste homem.
    Fazer um estudo comparativo, entre os dois períodos, torna-se um pouco complicado, pois existe um factor importante, que é a época em que cada um deles governou.O que é certo, é que com o 25 de Abril, tudo o que estava feito foi destruído e partiu-se do zero. Nessa época a Espanha estava muito mais atrasada do que nós e hoje é o que se sabe.
    Relativamente aos incêndios, se repararem bem, em anos de eleições a área de floresta ardida é maior.
    Hoje em dia, verifica-se, também” uma luta pelo poder que anteriormente não havia.
    E mais não digo!

  14. nuno
    Março 21, 2011 às 19:53

    O sr. rbzone deve ser um dos beneficiados com este novo regime. para mim e preferivel nao poder falar como antigamente mas em que as questoes fulcrais eram intensamente debatidas para melhorar Portugal e nao apenas com o interesse dos bolsos de alguns como hj acontece. Ta dado como provado que Salazar nao gastava dinheiro a mais nem com ele, ou seja nao comprava um par de sapatos s nao precisasse realmente deles. Portugal era uma potencia agora e uma colonia de bandidos que nos exploraram e mesmo que protestamos, este direito que nao serve para nada, ou ainda pior, que nos leva ao desespero, pois quando nao s fala ou nao se pode falar tem-se em mente que ninguem nos ouve, ja protestando e nao ser ouvido da-nos da-nos, pelo menos a mim a sensaçao que estamos a gastar forças em vao. Ao que parece ate o direito ao protesto nao e tao bem recebido a estes governantes como eles proprios rendivicaram em 1974. Houve para prova do que digo mtas situaçoes desde entao em que o protesto foi altamente reprimido pelas forças de autoridade como no caso da morte de um motociclista na ponte 25 de abril, mais recentemente foi proibido manifestar-se na rua em que o primeiro ministro reside e tantas outras que nao interessa mencionar, pois esta presente todos os dias em que ha descontentamento do povo, este que so e consultado parA aprovar ou reprovar situaçoes como o aborto e nao a direçao que gostavamos que o nosso pais tivesse, ou seja, nao seria preferivel ter menos 500km de auto-estradas e que as pensoes de reforma fossem 10 ou 20% mais altas? Nao sera assim enquanto estes ditadores das finanças publicas derem prioridade a saude das grandes empresas que os patrocinam ao inves de darem melhores condiçoes de vida aos portugueses fazendo assim de Portugal um pais em que a populaçao tenha niveis d satisfaçao elevados aumentando o seu rendimento tanto a nivel profissional como intlectual. Antes do 25 de abril, data esta que para mim começou em cada oponente ao regime de salazar como humberto delgado, palma carlos etc.. Mario Soares foi um oportunista e ladrao bem como traficante de diamantes das colonias africanas alem de ser um cobarde que fugiu do seu pais e so voltou quando a situaçao lhe foi favoravel.. mil vezes sem poder falar, mas com a divisao por igual por cada portugues e sempre em beneficio do estado, que no fundo e Portugal. O maior problema nem e o roubar e ficar ca. O maior problema e em certos individuos que ostentam esses cargos prejudiquem o pais para serem eles os unicos beneficiados e lezando o pais com quantias astronomicas devido a corrupçao alem de deixarem uma divida para as geraçoes futuras como na ma gestao ambiental como por exemplo no caso dos residuos muito toxicos depositados numa mina no alentejo em que mais uma vez a justiça ira tardar e os incumpridores iram sair como os unicos beneficiados de uma situaçao devido a mafia existente na justiça….. so de exemplos seria capaz de estar dias a escrever sobre o k esta mal e das vantagens em que o 25 de abril traria se nunca tivesse existido. O meu pai que viveu na era salazar e foi militar em africa na guerra colonial nao tendo nenhum posto priviligiado, ele proprio diz que mais valia estar como estava porque havia mais respeito nao as pessoas umas com as outras mas tambem com o k s diz ser PORTUGAL. Para mim e para este senhor que defende o mesma tese, ambos sabemos que havia certas atitudes que o regime de salazar tinha que nao eram as melhores, mas s tivessemos mudado apenas o que nao era bom e continuassemos o trabalho que vinha a ser desenvolvido desde o fim da ditadura militar hj provavelmente estariamos a emprestar dinheiro a espanha e outros paises em vez de estarmos em completa ruina, em que os grandes magnatas nao investem o que tem a favor de portugal mas sim so na conta bancaria deles proprios ou das organizaçoes mafiosas das quais fazem parte. Para mim este conceito em que cada um puxa para si nao tras desenvolvimento nem prosperidade a um pais, mas sim cada vez mais vai aumentar o fosso entre o rico e o pobre quando sao todos portugueses. depois do 25 de Abril de 1974 estes gatunos da actualidade acharam por bem tirar as terras e nacionalizar as empresas privadas a favor do estado… agora estes mesmo intervenientes acham por bem deviar as mesmas empresas e outras a seu favor depois de desviarem os recursos do pais para camufladamente nos roubarem a todos os que e de todos como a energia, as estradas com portagem,etc…………………………………………………. so vou parar por aqui pk tenho trabalhos para fazer, pois teria todo o gosto em encher paginas com as diferenças em que teria sido melhor estar como estavamos do que a merce dos ladroes presentes hj no nosso Portugal.

  15. nuno
    Março 21, 2011 às 21:22

    Como os politicos de hj ali o sr. MEKIE desviou o assunto que estava a ser tratado para caracterizar o dono da pagina ou do comentario ( facto irrelevante para mim e pro debate) Como os politicos de hj desvia-se a atençao do real problema em questao para a tentativa de descridebilizaçao das pessoas que realmente pensam e tem ideias com intuito de que nada se mude para seu beneficio. Peço desde ja desculpas pela forma como escrevo e se dou erros pois o capitalismo como o salazarismo nao permite um ensino igual para todos, pois antes nao lhe era dado essa hipotese se nao tivesse em linha com o regime e hj nao se da essa hipotese se nao pertencer a uma certa classe social em que o sr. MEKIE e outros que tem comentado por aqui.
    estou agora a concluir o 12º ano e nem vale a pena pensar em ir tirar um curso universitario pk tenho de comer e pagar renda de casa alem de tudo mais que faz parte no dia a dia de cada um. como eu, o sr. que meteu aqui o comentario tb nao deve achar tudo bem o que o regime fazia, mas, no entanto a duvida que persiste em saber se realmente estamos melhores e que na realidade se o 25 de abril era realmente bom, hj em dia nao havia de haver duvidas nenhumas em relaçao a isso, mt pelo contrario. Os senhores que comentaram o post pelos vistos nem sequer saber o que e democracia, pois nao se limitaram a dar a sua opiniao mas sim a sensurar uma pessoa por ter uma opiniao diferente da sua. Com esta observaçao concluo que a diferença provocada por este regime faz com as pessoas que “estao melhor na vida” sejam dotados de cegueira quando olham para baixo do seu estatuto social e como nao pode deixar de ser invejar o de cima e tentam alcança-los nem que para isso passem por cima dos outros. Se era preciso lutar para mudar em 1974, hj em maioria a populaçao nacional tem esse sentimento que nao e novo. Ganhamos os direitos verbais e perdemos o direito a sermos portugueses.(-1974) Unidade Nacional = (+1974)Unidade Pessoal.

  16. nuno
    Março 21, 2011 às 21:25

    azimanoris tem toda a razao.. so depois de postar vi o seu comentario…

  17. nuno
    Março 21, 2011 às 21:53

    O que e certo e que ha pessoas que nao dao valor. Na escola desde que entrei para o ensino preparatorio as minhas notas a matematica foram quase na plenitude superiores a 90% e mtas x 100% ate a data da minha saida da escol quando vi que nao iria seguir o que queria pois nao tinha apoio as disciplinas em que tinha mais dificuldade para aumentar a minha media… algumas pessoas como estas que criticam a opiniao ou a contestaçao de outros na esperança que nada mude pk se insere numa posiçao previligiada. Por vezes nao vem e que de baixo para cima os direitos e as regalias vao s tornar cada x mais em menos individuos em beneficio destes e sem a opiniao do POVO que os elegeu e foi palavra de ordem a quando da revoluçao. Estes senhores que nao gostam de opinioes diferentes se me souberem dizer o k inicialmente era a palavra democracia e agora que tipo de democracia temos… continuamos a ser escravos de um trabalho mal pago e com dificuldades em entrar no ensino superior e ate mesmo o secundario da mesma maneira que me aconteceu e tantos outros pontos que inicialmente faziam parte da revoluçao e deixaram de fazer… Os verdadeiros herois da revoluçao foram assassinados antes e depois do regime.

  18. nuno
    Março 21, 2011 às 22:04

    O RBZONE e o MEKIE fazem parte dos clones pos 25 de abril em que se lhe tirou o cerebro e lhes disse que teria de ser igual e nao semelhante ao outro e sem opiniao propria.

  19. Leitor
    Abril 17, 2011 às 3:09

    Dantes os políticos tinham brio e sabiam sê-los.Eram uns senhores:sabiam falar e tinham formação para os cargos que ocupavam,hoje é o que se vê…Antigos pelintras,hoje ricalhaços, mas sempre ignorantes e desonestos. Usam os dinheiros públicos para enriquecer.Nem distinguem a mão direita da esquerda.A categoria deles e o valor é abaixo de zero.Nunca foi, nem esteve este País tão humilhado,tão pobre.Foi espoliando, vergonhosamente nestes últimos 6 anos, por estes bandidos que deviam era estar todos presos e andam para aí como se nada fosse com eles a conduzir a classe média para a miséria, já de que as classes médias baixas estão no limiar da pobreza.

  20. marta
    Maio 4, 2011 às 22:01

    eu odeio história

  21. luis
    Outubro 26, 2011 às 23:09

    Meus amigos , a mim parece-me estar a ouvir o Domingo Desportivo onde o do Benfica diz que foram melhores do que os do FCPorto e os do FCPorto dizem exactamente o contrário. É a mesma coisa, cada um puxa a brasa à sua sardinha. Uma coisa eu vos digo, vocês não vão a lado nenhum porque antes do 25 de Abril existiam situações boas e más, as boas eram a segurança, o respeito e estabilidade econômica, as más era a guerra do ultramar, a falta de liberdade de expressão e da contestação.
    Depois do 25 de Abril de 74 realmente existiram também grandes alterações negativas e positivas, o respeito que as pessoas tinham umas pelas outras desapareceu, assim como a segurança e estabilidade econômica mas acabou-se com a guerra e ganhou-se liberdade de expressão e o direito á contestação, com tudo isto só têm que entender o que é mais importante para vocês!
    A minha opinião é que devia existir um equilíbrio entre os dois regimes mas não foi conseguido esse equilíbrio porque existem pessoas mal formadas que se aproveitam dos cargos que ocupam e roubam descaradamente tudo o que podem para proveito próprio. São pessoas sem escrúpulos que não respeitam nada nem ninguém, eles esquecem-se que ocupam aqueles cargos porque o povo os nomeia para governarem e os representar, mas depois como agradecimento eles traem o povo roubando e nós é que os governamos.
    Estas pessoas conseguem ficar impunes porque infelizmente o poder politico é mais forte do que o poder judicial. A justiça devia ser um órgão completamente desvinculado de qualquer governo, estes não poderiam de forma alguma intervir seja em que fosse. Mas se o dinheiro que o ministério da justiça recebe vêm dos Governos e se as verbas dependem de aprovação no parlamento, claro está que o que todos querem é dinheiro e então estes deixam-se comprar , vendem-se!!!!!
    Os políticos para poderem roubar compram a justiça, esta tem sido uma realidade em todos os governos que existiram desde o 25 de Abril e o povo assiste impávido e sereno sem reagir, parecem não entender ou não querer entender essa realidade e não mostram qualquer reação para acabar com estas situações.
    Ouvimos todos os dias falar em buracos nos orçamentos e em desvios de milhões porque raio não ouvimos também que “fulano ou cicrano” foram condenados por roubarem, porque razão é que estas pessoas não são responsabilizadas pelas ilegalidades que praticam, porquê?
    Existem países que condenam um governante por mentir por questões pessoais, nem sequer se colocam questões governamentais, por exemplo o Bill mentiu porque disse que não tinha acontecido nada com a Mónica e o povo simplesmente afastou-o da vida politica porque deixou de acreditar naquele individuo. É tão simples, sem qualquer receio resolvem o problema, exercem os seus direitos cívicos e elementares enquanto indivíduos livres que vivem num país democrático. Punem quem os trai!
    É esse o verdadeiro problema do nosso país, tudo se vende e tudo se compra até as consciências!
    Estas pessoas!!!!!!

  22. Sergio
    Janeiro 16, 2012 às 19:07

    Boas tardes
    Começo por dizer que me considero medianamente culto e não desprovido de raciocinio e venho aqui apelar a que se deixem de picardias os intervenientes. Se por acaso não gostam ou têm outros pontos de vista coloquem os vossos factos para eu ler e ajuizar, não é por trocarem mais galhardetes que eu «e outros» vos dou razão.
    Considero que perdi mais tempo nos comentários escritos do que no próprio texto em si.
    Cumprimentos a todos

  23. José Malhoa
    Janeiro 30, 2012 às 23:09

    Viva Salazar, viva a pide e a dgs, viva a censura, viva a mocidade portuguesa, viva deus e a igreja católica. Sejamos decentes como no tempo de Salazar. Um pais decente de ruas limpas sem pretos e imigrantes com trabalho só para os portugueses. Viva Salazar.

    • cabrao de merda
      Abril 20, 2013 às 23:33

      cabrao de merda

  24. Maria
    Abril 1, 2012 às 23:13

    Acho este artigo uma profunda miseria em termos cientificos se a ideia do autor era descrever o que era o antes do 25 de abril…tenho 30 anos e oico e sempre me interessei pelo25de abril. Ja li livros sobre salazar, quis saber que homem era aquele…mas o que dizer de escolas que nao tinham sequer casa de banho, de um pais com uma taxa de mortalidade infantil que era uma das maiores da europa, uma escolaridade quase inexistentente…este jose malhoa que comenta isto e de tal forma ignorante que acha que o racismo e uma boa coisa em portugal…estao cerca de 150 mil portugueses em angola, o senhor a gerir portugal devia ser uma coisa boa…morriam la todos os portugueses em angola com certeza pela amostra do odio que sente pelos angolanos que ca andam…
    Ate este debate e sinal que este pais e melhor que aquele que comentam…pois nessa altura ele nem podia existir….ha! Eu sou mulher….e nao podia votar…give me a break, mas o que raio e que ha para comparar!!!!????

    • aziomanoris
      Abril 10, 2012 às 9:25

      Cara Maria como está explicado acima, isto não é um estudoi academico, é um mero estudo de constatação e comparação da realidade dentro da sua empresa, bem como de algumas situações que estavam melhores, o artigo não visa comparar o que estava bem e agora está mal e vice-versa, pois não há nenhum artigo, livro ou estudo académico nessa vertente, pois depois de 1974 é tabu dizer bem de qualquer coisa que seja do Estado-Novo. Ninguém tem coragem de fazer algo imparcial, talvez só o saudoso António José Saraiva, assumido antisalazarista, que no fim da vida elogiou Salazar, em comparação com os politicos trafulhas de agora e ainda focou e explicou porque nunca existiu fascismo em Portugal e porque é errado chamar de fascista Salazar e o regime. Portugal do Estado Novo era um regime Nacionalista Português Universalista Não Racialista (não racista), pois os portugueses eram brancos, negros, ciganos, indianos, chineses e timorenses e todos eram português de igual direito. Uma curiosidade, quando Hitler perguntou a Salazar se em Portugal havia Ciganos, este respondeu, não só há Portugueses!

      O seu comentário é pseudosimplista, pois critica coisas que nem sequer estão correctas

      1 – O grande problema é que o que se houve e o que se lê, é só num sentido, contra Salazar e o Estado-Novo, por acaso a Maria leu a Biografia de Oliveira Salazar de 6 Volumes do saudoiso e grande diplomata português Franco Nogueira? ou algum dos outros livros mencionados neste link: http://www.oliveirasalazar.org/bibliografia.asp ?

      2 – Foi o ditador mais humano e o único que era humilde e punha o País e o Povo acima de si, morreu mais pobre do que nasceu, pagava renda para viver em S. Bento e passar férias em S. Julião da Barra. Deixou as quartas maiores reservas do mundo, que nos permitiram viver à grande nestes últimos 30 anos, reservas essas totalmente delpaidades peslos sucessivos governos de PS e PSD.

      3 – Quanto à escolaridade só se fala do que não se sabe, quem fez as escolas praticamemte todas do país que uduraram até depois de 1974 foi Salazar. Gostava de ter exemplos de que escolas não tinha casa de banho, para ir visitá-las e averiguar isso!

      4 – A mortalidade infantil era um facto inegável.

      5 – Concordo o racismo é uma estupidez, mas há racismoe ntre individuos da mesma raça/etnia e a partir deo momento em que se provou geneticamente que eu branco posso ser mais parecido geneticamente com um negro do que com outro branco. Morreu o conceito de racismo, poderá subseistir é o de xenofobiaou criar-se o novo de etnofobia!

    • Abril 3, 2014 às 5:10

      apoiado…

  25. By my self
    Abril 6, 2012 às 16:45

    Creio ser uma simples ignorante, mas considerei que aprendi mais com os comentários, que com o blog em si. É sempre bom ver os variados pontos de vista da população portuguesa atual.
    Cumprimentos.

  26. paulo
    Abril 25, 2012 às 12:01

    se se deixassem dessas tretas

  27. anonimo
    Maio 6, 2012 às 10:40

    nao me ajudou nada para fazer o meu trabalho

  28. Setembro 1, 2012 às 17:59

    gostei muito deste blog,e verdades foram ditas mas pouco ouvidas.
    Pessoas normais falam sobre coisas, pessoas inteligentes falam sobre idéias, pessoas mesquinhas falam sobre pessoas
    Platão

  29. Abril 3, 2013 às 1:53

    What’s up, always i used to check blog posts here in the early hours in the break of day, because i like to learn more and more.

  30. Abril 21, 2013 às 15:05

    c

  31. moni1975
    Abril 25, 2013 às 12:35

    Muito bom este artigo. Obrigado😉

  32. Maio 3, 2013 às 3:38

    Very good site you have here but I was curious about if you knew
    of any community forums that cover the same topics discussed here?
    I’d really love to be a part of online community where I can get responses from other experienced individuals that share the same interest. If you have any suggestions, please let me know. Cheers!

  33. Maio 3, 2013 às 7:03

    This is my first time visit at here and i am truly impressed to read all at one place.

  34. António B. Martins
    Agosto 4, 2013 às 9:49

    O texto sobre as realidades do ante e pós 25 de Abril.74 não pode ser chancelado por palavras, aliás, de resposta, como se pode ler, de “apoiante do salazarismo”…Os números falam por si só e são irrefutáveis e, contra eles, como diz o Povo “batatas”…
    Esta “maltoza” politiqueira que nos vem (des)governando, uns verdadeiros aprendizes de “sapateiros” que nem meias solas sabem “botar”, alguns dos quais fizeram “curselhos” nessas Universidades saídas à pressa das “cartolas”… para que gente sem atavio cultural e intelectual pudesse ter uns canudinhos para verem Braga… são os coveiros de um Portugal a empobrecer, a apodrecer e a entristecer com a alegria que irradia, ainda, de uns mixordeiros sindicalistas, de uns militantes de partidos sem tino e sem sabedoria, de uns afilhados tachistas e taxeiros, além de uns serviçais de um tempo de vendidos e de vendilhões…
    Salazar apanhou com um País… como o está agora… derrapado, esfarrapado, desgovernado, tresloucado, infantilizado, indecente, desamanhado, falido, inquinado, partidarizado, afunilado em questiúnculas políticas, surripiado e tropeado por uma “tropa fandanga” da política da altura que, como a actual, nos delapida, nos goza, nos amarfanha, nos incomoda, nos vigariza, nos escraviza e nos dá circo…para nos entreter. E um certo “xico-espertismo” também tom acento por aqui e por acolá…
    Quanto haveria para dizer… de uma “construção”, aqui e lá… ultramar além, onde continuam de pé obras de qualidade que não conseguem manchar o tal “fascismo”… Estes senhorzecos da política actual nem querem que a nossa memória esteja viva… E que saibamos muito sobre o passado… Quem conhece, só um exemplo entre muitos, o prédio “33” da ex-Lourenço Marques ? E de quem é ? E quanto recebe esse vira-casacas do aluguer de uns tantos andares por parte do Governo de Moçambique? E quem já se deu ao trabalho de ir ver quem pertence a CA de Bancos portugueses, sedeados em Moçambique ?
    Salazar teve defeitos e governou com alguns, mas soube gerir com justeza, seriedade e alguma inteligência… um País que estava arruinado à conta desses indecentes “politiqueiros” que, após o 25 de Abril.74, nos voltaram a bater à porta… para mal da Nação e do Povo.
    E ainda a procissão vai no adro, podem crer.
    O que aí vem, de juros e de pagamentos … é um fartote que nos pode atirar, de vez, para a valeta.
    Todos estes políticos, sem excepção, não prestam, porque mais amantes da sua cartilha partidária e dos seus interesses pessoais e de lobbies, do que os do País e das suas gentes. Até o avô Soares… ainda fala de cátedra, quando já se devia ter remetido ao silêncio dos claustros do seu fausto e dos seus espólios de obras de arte e de outras coisas e loisas… E, quando um qualquer “vendedor da banha da cobra”, como o sr. Sócrates, tem um tempo de antena na cadeia televisiva do Estado – pago por todos – nada mais se pode dizer desta cáfila de garotelhos de uma política falida, atrasada e medonha… e sem vergonha.
    Eles são tantos os medíocres que povoam o horizonte político… Eles são tantos os atrevidos, em palavras, que papagueiam doutrinas falsas na AR… Eles são tantos os Advogados-Políticos que alinham no “team” desse areópago Nacional… Eles são tantos os tachistas que comem na mesma gamela… Eles são tantos os que auferem ordenados principescos… que me dá vontade de os correr a varapau para que o País não murche mais ainda e não venha a morrer desta doença doentia que é uma Democracia falhada, indigna, tratante, mesquinha, bafienta, azeda, bolorenta, quezilenta, impostora e de grilhetas…
    Valha-nos Deus, os Santos e os pecadores confessos…

    António B. Martins

  35. João Barbosa
    Outubro 18, 2013 às 0:53

    Acreditam que Portugal não seria hoje uma democracia, na actual Europa? Precisávamos realmente do 25 de Abril para termos uma democracia? Foram meia dúzia de militares e traidores maçons de esquerda, ressaibados que destruíram o país, eu não tenho dúvidas.

  36. gavfcaczc fazfrAhaa
    Março 12, 2014 às 19:33

    Este texto ate e fixe mas e como diz o primeiro comentario:quem o escreve e apoiante do salazarismo

  37. Março 27, 2014 às 19:11

    Hi there! This post could not be written any better!

    Reading this post reminds me of my old room mate! He always kept talking about this.
    I will forward this page to him. Fairly certain he will have a
    good read. Thank you for sharing!

  38. Maio 7, 2014 às 18:27

    Tu deves é ser deficiente mental.

  39. Outubro 7, 2014 às 22:35

    Continua a ser impossível discutir tranquila e abertamente sobre história contemporânea de Portugal.
    Vou esperando sentado por melhor dias, pois estou a ver que ao fim de 40 anos a poeira ainda não assentou para arrefecer os ânimos.
    Cumprimentos.

    • Dezembro 15, 2014 às 18:24

      Os descendentes do gonçalvismo(ainda confessos marxistas leninistas)e outros formatados continuam a usar da mesma táctica que se usava em 1974/5,que é repetir ad eternum a propaganda abrilesca baseada em mentiras e meias-verdades para justificar o regime “pseudo socialista”actual(que apenas serve no fim de contas interesses estrangeiros e corruptos e oportunistas nacionais,e não digam que foi culpa do Soares apenas pois em 1974/5 haviam pessoas com projectos dentro da democracia que foram sabotados pelos comunistas que queriam a tal ditadura do proletariado) e o irracional “abate” de tudo o que era bom no anterior regime(o qual pecou,sem dúvida,em não se adaptar aos tempos novos e deixou a questão ultramarina minar o regime e o futuro de Portugal).

  40. berto
    Outubro 9, 2014 às 11:13

    Testemunho de empréstimo de dinheiro
    Testemunho vivo de empréstimo dinheiro sério se quiseres um empréstimo sério contactou o Sr. Conti.Fulgenzio porque recebi o meu empréstimo de 3.000 euro à taxa dos 2% para perto de ele, primeiro não o fiz porque pensava que não tinha intenção de receber o empréstimo mas o meu meu banqueiro contactado para informar-se que meu account era fornecido e retirado o dinheiro e os outros amigos passaram mesmo nele não hesitou assim contactados porque está através de Este Sr. têm agora a minha atividade. Solicita-se contactar para mais amplas informações sobre este empréstimo. Aí está o seu mail:conti.fulgenzio@hotmail.com

  41. morel
    Outubro 23, 2014 às 12:37

    Ofereço um serviço de empréstimo rápido

    Aceitar uma taxa baixa (2%) Empresas Empréstimo / Crédito Pessoal
    para o seu carro novo, de consolidação da dívida, melhorando
    do Interior, férias com a família, para fins de Marraige você
    o nome e ele é seu. Ofereço serviço e livre rápido
    informações de empréstimo para determinar o processo de candidatura.

    Meu nome é Lelio.Frediano de Portugale, eu sou um financeiro privado
    aprovou e eu estava arranjo pronto por muito tempo.

    Para um empréstimo pessoal
    – Escolha entre 5.000,00 euros e 10.000,00 euros
    – Escolha entre 1 e 10 anos para pagar
    – Aceitar um baixo TAEG de 2%

    Para um empréstimo de negócio
    – Escolha entre 100.000,00 euros e 2.000.000,00 euros
    – Escolha entre 1 e 10 anos para pagar
    – Aceitar um baixo TAEG de 2%

    Obrigado pelo seu tempo e aproveitar o dia.

    Atenciosamente,
    Mr. Lelio.Frediano
    Diretor / Geral
    Email: leliofrediano@gmail.com

  42. lemona
    Janeiro 5, 2015 às 17:32

    Bonsoir Sra. e Sr.

    Seria injusto de ma part não fazer o elogio do que tem-me
    licença de obter um empréstimo de dinheiro o Mês último do qual tinha necessidade
    para salvar uma vida em perigo à partida não havia só um
    momento mas a minha curiosidade meu empurrado de tentar e finalmente pude
    obter este empréstimo que a minha saída desta impasse na qual mim
    viva, preenchi as condições e sem preocupações, a minha conta tem
    creditado dos 1.400.000€ que pedi. Tinha necessidade de empréstimos
    de dinheiro entre particulares para
    fazer face às dificuldades financeiras para por último sair da impasse
    que provocam os bancos, pela rejeição dos vossos processos de pedido
    créditos? Aconselho-vos um particular especializado em financiamento d
    empréstimo, solicito-os tomar contacto com Monsieur Lucenti Mario
    quem ele apertou em condições de fazer-vos um empréstimo tem qualquer pessoa
    capaz de reembolsar e com condições que facilitá-las-ão
    vida. Eis os domínios nos quais podido ajudá-los: * Financeiro
    * Empréstimo imobiliário * Empréstimo ao investimento * Empréstimo automóvel * Dívida
    de consolidação * Margem de crédito * Segunda hipotequa * Resgate
    crédito * Empréstimo pessoal vocês
    são fixados, proibições bancárias e não tem o favor
    bancos ou melhor tem um projeto e necessidade de financiamento, um
    mau processo de crédito ou necessidade de dinheiro para pagar faturas,
    fundo a investir sobre as empresas. Então se tiver necessidade
    empréstimo de dinheiro não hesitam a contactá-lo, far-se-á um prazer
    imenso ajudá-los obrigado de fazer como mim e enviar vosso
    pedido para obter o vosso empréstimo em 48 horas. Eis o seu correio eletrónico:

    duvalles.phillips@outlook.com

    Obrigado de passado a mensagem por último de ajudar aqueles que estão na necessidade

    Boa Possibilidade!

  43. eric25
    Janeiro 14, 2015 às 15:46

    Testemunho do empréstimo de dinheiro entre particular em 48 horas

    SUA atenção a senhora e a senhora!

    Eu sou o senhor CARTER Eric procurando por empréstimo por mais de 3 meses. Já estive muitas vezes enganação em sites de empréstimo. Apesar de seu eu sempre esperei. Mas felizmente eu vim um dia em um empréstimo de assistência falando de testemunha do senhor Primo DOMIGUEZ e eu pensei que era o António novamente, mas entrei em contato com ele em conformidade com estas condições. Graças a ele em 48 horas, eu tinha o meu empréstimo de € 60.000 durante um período de 2 anos e retomado minhas atividades. que estão em necessidade como eu você pode escrever-lhe e explicar sua situação e você ficará satisfeito em 48 horas, pode ajudá-lo também.
    Aqui é o seu e-mail: primodomigez@gmail.com

  44. eric25
    Janeiro 14, 2015 às 15:47

    Testemunho do empréstimo de dinheiro entre particular em 48 hora

    SUA atenção a senhora e a senhora!

    Eu sou o senhor CARTER Eric procurando por empréstimo por mais de 3 meses. Já estive muitas vezes enganação em sites de empréstimo. Apesar de seu eu sempre esperei. Mas felizmente eu vim um dia em um empréstimo de assistência falando de testemunha do senhor Primo DOMIGUEZ e eu pensei que era o António novamente, mas entrei em contato com ele em conformidade com estas condições. Graças a ele em 48 horas, eu tinha o meu empréstimo de € 60.000 durante um período de 2 anos e retomado minhas atividades. que estão em necessidade como eu você pode escrever-lhe e explicar sua situação e você ficará satisfeito em 48 horas, pode ajudá-lo também.
    Aqui é o seu e-mail: primodomigez@gmail.com

  45. eric25
    Janeiro 14, 2015 às 15:47

    Testemunho do empréstimo de dinheiro entre particular em 48 horas

    SUA atenção a senhora e a senhora!

    Eu sou o senhor CARTER Eric procurando por empréstimo por mais de 3 meses. Já estive muitas vezes enganação em sites de empréstimo. Apesar de seu eu sempre esperei. Mas felizmente eu vim um dia em um empréstimo de assistência falando de testemunha do senhor Primo DOMIGUEZ e eu pensei que era o António novamente, mas entrei em contato com ele em conformidade com estas condições. Graças a ele em 48 horas, eu tinha o meu empréstimo de € 60.000 durante um período de 2 anos e retomado minhas atividades. que estão em necessidade como eu você pode escrever-lhe e explicar sua situação e você ficará satisfeito em 48 horas, pode ajudá-lo também.
    Aqui é o seu e-mail: primodomigez@gmail.com

  46. Janeiro 27, 2015 às 10:38

    Olá a sua atenção Eu sei como expressar minha alegria por ser a pesquisa de empréstimo por 5 anos, muitas vezes eu me deparei tipos desonestos que se aproveitam de pessoas pobres como nós, e eu na necessidade de empréstimo para enfrentar o nosso necessidade múltipla. Depois de minha pesquisa eu conversei com um vizinho meu que me disse uma senhora. O que eu tenho feito isso sem que você mente Eu recebeu um empréstimo de € 100.000. e eu tenho vários colegas que também receberam empréstimos a seu nível, sem problemas. Eu tinha o meu protocolo sem aplicação de crédito e servi como de direito. Vocês que estão em necessidade como eu, você pode escrever para ele e explicar sua situação poderia ajudar seu email: lila.zanchezio@gmail.com

  47. Manuel Gonçalves
    Fevereiro 9, 2015 às 15:48

    É sou mentiras

  48. antoinetta
    Março 14, 2015 às 7:53

    Bom-dia tenho um TESTEMUNHO tenho vocês trago: Se quiser fazer um empréstimo entre particular com 2% de taxas de interesse obrigado tomar contacta com DAVIRES LANDERICO o Sr. que o meu certamente concedido empréstimo Do mil Euro (190.000€), à partida não havia um só um momento, dado que o más intentionnées do empréstimo sobre Internet tinham-me totalmente esvaziar, mas a minha curiosidade empurrou-me de tentar uma segunda vez. Finalmente pude obter este empréstimo que a minha saída desta impasse na qual vivia. Tenho vários colegas que também receberam empréstimos ao seu nível sem problemas em vez fazer-vos ter por indivíduos mal intentionnés que tomam para trabalham enganar os inocentes, mim publica esta mensagem porque fez-me bem com este empréstimo e desencorajados não porque mim fiz-me de ter mas encontrei-vos este Sr. honesto e generosos então tomam contacta com ele:
    Eis o seu Correio eletrónico: (davires.landry@outlook.com)
    Está à investigação de empréstimo para quer relançar as vossas atividades quer para a realização de um projeto, quer para comprar-vos um apartamento mas são proibidos bancários ou o vosso processo à verão rejeitado ao banco o este Sr. é o único que ajudá-los-á. Solicito-os contactar-o
    Obrigado fazer como mim e enviar o vosso pedido para obter o vosso empréstimo em 48 horas. OBRIGADO COMPARTILHAR ESTA INFORMAÇÃO PARA AJUDAR O NOSSO IRMÃO OS NOSSOS AMIGOS E OUTRO

  49. ANNA
    Junho 24, 2015 às 20:05

    Todos têm de problemas financeiros. No entanto é necessário muito desconfiar-se dos anúncios do nítido porque a maior parte destes anúncios não é de forma alguma séria. Sobretudo os que propõem ofertas de empréstimo de dinheiro entre particulares. Tinha-me feito de ter pelos vigaristas o nítido. Após vários procura, a minha amiga pôs-me em contacto com o Sr. generoso que vem em ajuda às pessoas em dificuldades financeiro. Este último atribuiu-me um empréstimo de 90.000€. Então se tiver necessidade de um empréstimo entre particulares pode escrever-lhe diretamente por: davidmorata3@gmail.com
    poderá vocês vir em ajuda porque está um homem efectivamente. Obrigado

  50. Moreno
    Julho 5, 2015 às 11:54

    Oferta de préstamo rápido entre particulares
    Hola
    Estás en un aprieto financiero y todos sus intentos de toma del poder caen en el agua. ¿Se negó el Banco porque su crédito no cumple con sus estándares? ¿Usted sueño de poseer su propia casa, pero se les negó una hipoteca debido a un insuficiente crédito? Su negocio ha mejorado desde un año. Necesita dinero para aumentar su actividad. Había explicado retrasos en los pagos sobre la deuda, un divorcio y la pérdida de empleo u otros. Esto no es una situación sin resolver porque podría tener una segunda oportunidad de crédito particular. Les presento a su solicitud de prestamistas dispuestos a reevaluar su solución financiera. Puede beneficiarse de préstamo que van desde 5.000 € a 10.000.000 €.
    Cualquier tipo de financiación para un proyecto bien definido si usted está en necesidad, no dude en contactar con: moreno.carlos2015@yandex.com

  51. adella
    Julho 9, 2015 às 12:38

    Bom-dia, tem necessidade de um financiamento. Obrigado à Sr.Franck Leroux recebi um empréstimo de 70.000€ e muitos meus amigos receberam o seu financiamento. Oferece empréstimos entre privado de 2500€ à 2.500.000€ à uma taxa razão de 2%.Ecco o seu correio eletrónico: franckleroux878@gmail.com

  52. caronina
    Julho 9, 2015 às 14:31

    Meu nome morgane Davila, Você está procurando um empréstimo para tanto aumentar suas atividades, seja para um projeto ou para comprar um apartamento, se o seu banco lhe pede das condições que são incapazes de satisfazer. Não há mais problemas que eu sou uma pessoa séria e sincera eu conceder empréstimos que variam de 1000-40.000.000 a ninguém capaz de cumprir o seu compromisso, além disso, a taxa de juros é de 2%, ou você precisa dinheiro por outras razões.
    -Nós contato por e-mail a todos a nossa preocupação
    e-mail: morganedavila@yahoo.com

  53. ana
    Julho 9, 2015 às 14:37

    Eu recebi do Sr. morgane davila e soma honesta de 6300 euros. Na verdade eu fiz contato e após 72 horas I poderiam conseguir meu empréstimo. Eu publicar este post, porque eu estou feliz e eu quero que você aproveite vocês que estão em necessidade. Aqui é o seu e-mail: morganedavila@yahoo.com

  54. patrick
    Julho 12, 2015 às 11:31

    Bom-dia Sr. ou Sra.

    Empréstimo para conceder-o aos particulares na necessidade de ajuda de crédito financeiro variável (5000€ à 700.000€) de reembolsável num período (1 à 30) de anos com uma taxa de interesse muito acessível (3%). Para o reembolso proponho-vos um prazo razoável. NB: Abster-se se não seriedade porque o anúncio é apenas para as pessoas honesta que respeitarão o prazo do reembolso deste empréstimo uma vez que o crédito será concedido. Empréstimo justo e honesto e fiável. Então se tiver necessidade de empréstimo não hesitam a contactar-me em saber mais sobre as minhas condições. Queiram contactar-me diretamente por Correio eletrónico: patrick.dessoubris2013@gmail.com

  55. carlos
    Julho 13, 2015 às 10:41

    TESTEMUNHO DE EMPRÉSTIMO ENTRE PARTICULARES 48 horas

    Olá,
    Eu sou carlos!
      Os seres humanos verdadeiros são aqueles lá fora que sabem vir em seu auxílio quando sofrem similar. Este homem me fez um empréstimo de € 70.000, sem complicar todo o meu lugar para os documentos exigidos pelos bancos nos pedidos de empréstimo. Se você está na necessidade financeira, graças ao super-Jai-lo hoje ao mercado local, tem sido o meu salvador e eu realmente não sei o que fazer, então eu decidi testemunhar a seu favor hoje pode contatá-lo por e-mail e siga as suas orientações e você ficará satisfeito em 48h .I pode confirmar a partir desse momento e se isso aconteceu que você precisa de um empréstimo entre em contato com ele também. Então você que estão em necessidade como eu, você pode escrever para ele e explicar sua situação pode ajudá-lo a seu e-mail: sergetavez@gmail.com

  56. anna
    Julho 25, 2015 às 17:02

    Bom-dia, tem necessidade de um financiamento. Obrigado à Sr. Victor recebi um empréstimo de 70.000€ e muitos meus amigos receberam o seu financiamento. Oferece empréstimos entre privado de 2500€ à 2.500.000€ à uma taxa razão de 2%. seu correio eletrónico: victorboulo@gmail.com

  57. protodupero@gmail.com
    Agosto 20, 2015 às 17:32

    bom-dia,
    tem necessidade de um crédito rápido, para regular as vossas dívidas, para
    comprar um automóvel ou para financiar qualquer outro projetos.
    contactado mim sem estar a hesitar.
    sou deleitada ajudá-los com um empréstimo com uma taxa de interesse bastante baixa
    e conveniente para todos.
    Contacta se tiver necessidade de um empréstimo urgente.
    Faço empréstimos que vão de 3000 € à 250000 €

    cordialmente

  58. protodupero@gmail.com
    Agosto 31, 2015 às 12:00

    bom-dia, tem necessidade de um crédito rápido, para regular as vossas dívidas, para
    comprar um automóvel ou para financiar qualquer outro projetos.
    contactado mim sem estar a hesitar.
    sou deleitada ajudá-los com um empréstimo com uma taxa de interesse bastante baixa
    e conveniente para todos.
    Contacta se tiver necessidade de um empréstimo urgente.
    Faço empréstimos que vão de 3000 € à 8000000 €

    cordialmente

  59. mari
    Setembro 27, 2015 às 19:04
  60. Dezembro 7, 2015 às 10:58

    Sou enfermeira de profissão e após ter-se divorciado com o meu marido
    solicitei empréstimos junto numerosos de bancos para refazer-me mas
    rejeitaram-me e decidi encontrar um prestamista específico que poderia
    fazer-me este empréstimo. Infelizmente para mim, aquando da minha
    investigação, caí sobre vigaristas que se faziam passar para prestamistas
    que prometem-me de mim transferem a soma a que queria emprestar (25.000
    euros) e enganaram-me qualquer que tinha. Estava sobre o ponto de
    cometer-me suicídio quando, vi o nosso testemunho de casamento tenho que
    tivesse falado da minha situação e que mim tem aconselhar um prestamista
    Específico que pôde fazer-me este empréstimo para mim sair de esta impasse
    financeiro na qual encontrava-me. Não havia porque procurava este
    empréstimo desde mais de 2 anos e em 72 Horas, mim pude obter este
    empréstimo com este Sr. ele concedo empréstimo em todos os domínios.
    Aconselhar-vos -ia que contactasse-o. É o que salvou-me. Eis o seu endereço
    enviar por correio eletrónico: roberto.erbetta01@gmail.com.

  61. Janeiro 18, 2016 às 13:59

    Sou enfermeira de profissão e após ter-se divorciado com o meu marido solicitei empréstimos junto numerosos de bancos para refazer-me mas rejeitaram-me e decidi encontrar um prestamista específico que poderia fazer-me este empréstimo. Infelizmente para mim, aquando da minha investigação, caí sobre vigaristas que se faziam passar para prestamistas que prometem-me de mim transferem a soma a que queria emprestar (25.000 euros) e enganaram-me qualquer que tinha. Estava sobre o ponto de cometer-me suicídio quando, vi o nosso testemunho de casamento tenho que tivesse falado da minha situação e que mim tem aconselhar um prestamista Específico que pôde fazer-me este empréstimo para mim sair de esta impasse financeiro na qual encontrava-me. Não havia porque procurava este empréstimo desde mais de 2 anos e em 72 Horas, mim pude obter este empréstimo com este Sr. ele concedo empréstimo em todos os domínios. Aconselhar-vos -ia que contactasse-o. É o que salvou-me. Eis o seu endereço enviar por correio eletrónico: roberto.erbetta01@gmail.com

  62. Petrus
    Fevereiro 3, 2016 às 21:03

    O meu Pai é velho e cumuna. E eu também. Ele recentemente disse-me:
    -“Mas ao menos os outros gajos tinham valores.”, referindo-se ao antes.
    -“Estes gajos é só gamar!”, e terminou. Eu disse:
    -“Pois é.”
    E era só isso que queria partilhar.

  63. maria
    Fevereiro 8, 2016 às 13:07

    Olá você precisa de financiamento para sua casa, para o seu negócio, compra de carro, para a compra da moto, para a criação de seu próprio negócio, para suas necessidades pessoais, mais do que a dúvida. Nós damos a empréstimos pessoais, que vão desde 2000 até 800.000 € com uma taxa de juros nominal de 2% independentemente da quantidade. Por favor, diga-nos em seus pedidos de empréstimo, a data e a quantidade exata que você gostaria. Por favor contacte-nos para o seu e-mail de empréstimos pessoais:
    mariamauricette@gmail.com

  64. maria
    Março 24, 2016 às 12:01

    Bom-dia,

    Real testemunho sério de um empréstimo adquirido
    Quando os bancos ou os parentes não podem segui-los, é bom saber único ele existe uma entreajuda em algum lugar. Para qualquer pedido de empréstimo entre particular enviam um email diretamente à esta Sra. justa do nome de MARIA que meu satisfazer em 72 horas. Graças a ela, hoje chego a juntar-se às duas extremidades e ser-lhe -á grato qualquer minha vida.
    Contactar o Si está na necessidade para os vossos pedidos sérios e rápido.

    Eis seu enviar por correio eletrónico: mariamauricette@gmail.com

  65. maria
    Março 25, 2016 às 17:37

    Bom-dia o Sr. /Mme

    Venho por este presente correio eletrónico vocês proponho os meus serviços de concessão de financiamento se estiver bem na necessidade. O financiamento é concedido nas boas e melhores condições de acordo com a legislação francesa “NENHUMAS DESPESAS QUALQUER QUE NATUREZA QUE SEJA NÃO SERÁ VERTER ANTES da OBTENÇÃO do VOSSO EMPRÉSTIMO”.

    PS: Os prazos máximos para a obtenção é naturalmente de 72 heurs assim, as minhas condições convêm-vos e que respeita-o à carta se for interessam quer contactam-me via esmalte: mariamauricette@gmail.com

  66. veta01
    Abril 4, 2016 às 11:36

    Olá, as pessoas reais são aqueles que sabem como ajudar seu companheiro alívio ao sofrimento. Este homem me deu um empréstimo de euros 70000 € sem complicar o nível de tarefa me documentos que requerem aplicações de empréstimo dos bancos. Se você está em necessidade financeira, graças a ele, mercado super Jet em canto e hoje foi meu Salvador… e realmente não sei qual é a razão para a torna hoje decidida testemunhar em seu favor, pode contactar-me via e-mail e siga as instruções e você estará satisfeito no prazo máximo de 48 horas. Confirmação e agora se aconteceu que precisa de um empréstimo entre em contato com ele. Para aqueles que estão lutando como eu podem escrever-lhe e explicar a ele sua milhagem pode ajudar seu e-mail: roberto.erbetta01@gmail.com

    • CIDADÃO DO MUNDO
      Abril 18, 2016 às 6:32

      Falou-se de contras e prós do 25 de Abril e depois “caiu-se” a falar de empréstimos! Que mentalidade esta dos portugueses que eternamente serão um bando de gente sem rumo seja para o que fôr! País de fragas e pinheiros que julgando ter mudado apenas se tornou um País de pinheiros e fragas

  67. Mrs Shairley Baker
    Maio 16, 2016 às 23:34

    VOCÊ PRECISA DE EMPRÉSTIMOS? AT 2% SE SIM EMAIL COM quantidade necessária. Nota toda resposta deve ser copiar e enviar para este e-mail shairleybaker007@gmail.com
    nome completo ………. Montante necessário: ………. Empréstimo Duração: ………. Idade: ………. país ………. Ocupação ………. número de telefone ……….

    Mrs Shairley Baker

  68. Setembro 9, 2016 às 13:37

    Para compararmos e sabermos quem foi Salazar, é preciso irmos ao tempo antes de Salazar, principalmente ao tempo da 1ª Republica. Irmos ao tempo de Salazar, e ver o que ele fez e se conserva bem visivel aos olhos de quem quer ver, e até os cegos conseguem ver. E depois dessa analise do antes de Salazar, do tempo de Salazar, e do depois de Salazar, é que se pode fazer uma analise verdadeira e isenta, do que foi este Grande, Competente e Honesto Estadista, elogiado e respeitado por todos os países do mundo mesmo por aqueles países que não tinham relações diplomáticas com Portugal.Vejam bem o que era, e o que se fez em Portugal entre 1910 e 1928, periodo este antes de Salazar, o que foi e o que se fez em Portugal entre 1928 e 1974, periodo do tempo de Salazar, E o que se passou e fez em Portugal entre 1974 e 2016. Periodo depois de salazar. Não consigo neste espaço expressar tudo o que se devia expressar mas leiam bem as historias verdadeiras destes três periodos de tempo, e depois então opinem com conhecimento do que dizem e escrevem. E comparem estes três periodos de tempo da nossa História, com a história de outros países da Europa e até do mundo nesses mesmos periodos de tempo. E depois então digam quem foi que, num mundo tão complicado nesses tempos, conseguiu maior liberdade, maior segurança, maior desembolvimento, maior tempo de Paz no seu país como Portugal. A História só tem valôr contada com realidade, verdade e isenção. Quem pagou as dividas e desembolveu o País? Quem manteve o País em segurança? Quem deixou obra feita duradoura que está à vista, tudo construido com dinheiro Português, sem andarmos a mendigar no Estrangeiro?, Quem deixou riqueza em Dinheiro, Ouro, e um País sem divida?. Como está o nosso País agora 42 anos depois desta falsa democracia? Quem vai pagar estes desvairios destes desgovernantes desonetos? Muitos dos que aqui se manifestam contra Salazar! Se Salazar fizesse como fizeram os da 1ª Republica, que tivesse mandado Milhares de Soldados para a 2ª Guerra Mundial, como os da 1ª Republica mandaram para a 1ª Guerra Mudial,muitos hoje, não estavam aqui a mandar postas de pescada para o ar, daquilo que não conhecem. Porque não tinham sequer nascido, porque os seus progenitores teriam ficado milhares mortos na Segunda Guerra Mundial, como ficaram milhares na Primeira Guerra Mundial. Mas como diz o ditado, a história repete-se de quando em vez. E com certeza que esta dividas impagáveis feitas por estes incompetentes e desonestos politicos, Irão ser pagas pelos vossos nossos filhos ou netos muito possivelmente com o próprio sangue, como pagaram os da 1ª Guerra Mundial que não chegou, e ainda sobrou divida pa Salazar pagar como pagou, sem recorrer ao sangue dos seus compatriotas jovens portugueses.Jrocha V. B.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: