Início > Geral > Demissão de Presidente da Câmara de Moscovo abre nova página na luta política no país

Demissão de Presidente da Câmara de Moscovo abre nova página na luta política no país

28-09-2010
Por José Milhazes em
http://darussia.blogspot.com.

http://darussia.blogspot.com/2010/09/demissao-de-presidente-da-camara-de.html

Depois do conflito aberto entre o Presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, e o dirigente da Câmara de Moscovo, Iúri Lujkov, bem como da guerra informativa lançada pelo Kremlin contra o último, poucos eram os que acreditavam que Lujkov se mantivesse à frente de Moscovo, não só capital do país, mas também o membro da Federação da Rússia mais rico.

O conflito entre Medvedev e Lujkov vinha de longe, mas agravou-se no passado mês de Agosto, a pretexto do presidente da Câmara de Moscovo não ter suspendido as férias numa altura em que a capital se via sufocada por uma densa nuvem de fumo. Tratava-se de um sinal claro de que tinha acabado o reinado, quase total e absoluto, de 18 anos de Lujkov em Moscovo, mas este recusou-se a abandonar o cargo voluntariamente, esperando, talvez, que alguém viesse em sua ajuda: o primeiro-ministro Vladimir Putin ou o Partido Rússia Unida, de que era um dos dirigentes.

Seguiu-se uma violenta campanha na imprensa contra Lujkov, e principalmente contra a sua esposa, Elena Baturina, uma das mulheres mais ricas do mundo e que controla negócios importantes em Moscovo. Apenas o canal televisivo TVTs, controlado por Lujkov, tentou vir em sua defesa, mas foi rapidamente silenciado.

O Kremlin voltou-lhe a dar mais ua possibilidade de sair a bem ao conceder-lhe uma semana de férias “para refletir” e suspender, durante esse período, a “guerra informativa”, mas Lujkov ainda ontem reafirmou que não se tencionava demitir.

Medvedev, se deixasse arrastar o caso por mais tempo, correria o risco de perder a popularidade e passar por “dirigente fraco”, qualidade fatal para quem se pretender recandidatar à Presidência da Rússia nas eleições de 2012.

Não obstante a maioria dos observadores políticos considerar que este confronto foi apenas um dos primeiros entre Dmitri Medvedev e Vladimir Putin na luta pelo poder supremo no país, Natália Timakova, porta-voz do Kremlin veio revelar que “o Presidente comunicou ao primeiro-ministro a decisão da demissão de Iúri Lujkov antes de assinar o respetivo decreto”.

Nenhum partido saiu em sua defesa, nem mesmo aquele de quem era um dos dirigentes máximos: Rússia Unida, que atirou as culpas para cima de Lujkov por ter “perdido a confiança do Presidente”. O ex-dirigente de Moscovo respondeu ao seu partido com uma dura carta de demissão.

Agora, as atenções viram-se tanto para o futuro político de Lujkov, como para o seu possível sucessor.

“Se não forem iniciados processos-crime contra Lujkov por corrupção, Medvedev, no futuro, terá um forte adversário político nas presidenciais de 2012”, considera Boris Nemtsov, dirigente da “Coligação Democrática”, organização que reúne as forças liberais extra-parlamentares.

Quanto ao seu futuro sucessor, a lista de candidatos avançada pela imprensa é longa, mas a nomeação dele será um barómetro das relações existentes entre Medvedev e Putin.

Além disso, espera-se que seja um político experiente, porque, caso contrário, a redistribuição da propriedade em Moscovo, nomeadamente a pertencente a Elena Baturina, poderá fazer voltar a capital russa aos anos 90 do séc. XX, quando as armas de fogo eram o principal instrumento na solução dos problemas.

“A mistura dos negócios familiares e do poder em Moscovo atingiu envergaduras inéditas. A situação vai mudar: a nova equipa irá arrancar à corte de Lukov Moscovo bocado a bocado. E claro que ela vai resistir”, considera Ilia Iiachin, dirigente da organização Solidariedade.

Advertisements
Categorias:Geral
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: