Início > Gnose, História, Psicologia do Autoconhecimento, Autoajuda, Teosofia > O lado gnóstico de Pinóquio (III)

O lado gnóstico de Pinóquio (III)

A fama e a Fortuna

No seu caminho para a escola, Pinóquio é interpelado por Foulfellow, a raposa, e Gideon, o gato. Neste momento, quando Pinóquio sai de casa, vê-se pela primeira vez com o seu livre-arbítrio nas mãos, e tem a hipótese de escolher entre dois caminho para chegar ao sucesso, um mais moroso e complicado (escola) ou outro imediato e acessível (teatro), acabando por ignorar a sua consciência e seguir o caminho mais fácil para o sucesso: o Teatro.

Apesar das advertências da sua consciência, Pinóquio segue os personagens obscuros e é vendido a Stromboli, o promotor dos espectáculos. Durante a sua actuação, Pinóquio familiarizasse com os lados do caminho “mais fácil”: fama,fortuna e até bonecos de mulheres ”quentes”, sensuais. (Quem não gosta do mundo da fama e de ser o centro das atenções?)

Porém, Pinóquio, aprende rapidamente e a  grandes custos as consequências deste aparente sucesso. Stromboli impede que Pinóquio  volte para casa, não podendo voltar a ver o seu pai (o Criador). O dinheiro que ele gera só é usado para enriquecer o seu Patrão Stromboli, e vê, adivinhando, o que lhe espera no futuro…

Pinóquio ao aperceber-se da  verdadeira natureza do caminho “mais fácil” descobre o triste estado e cenário que caracterizará o seu futuro, estando, inclusive, enjaulado como os animais e à mercê de um patronato cruel. Sente-se defraudado, enganado, chora por ter vendido a sua alma ao Diabo.


Instantes depois, Pinóquio, ganha de novo a sua consciência (Grilo Falante) que o ajuda, encoraja e o força a escapar. Toda a consciência, não pode no entanto, salvá-lo. O grilo esforça-se mas não consegue abrir a fechadura. Apenas uma intervenção divina/milagre o pode salvar, mas para que tal suceda, Pinóquio terá que provar que ainda é o mesmo, terá de ser humilde e verdadeiro para a Fada (mensageiro divino) e o mais importante, demonstrar honestidade, arrependimento e auto-perdoar-se. Só assim a intervenção divina o salvaria.

Clique em http://www.youtube.com/watch?v=DolErctLTxE&feature=related e assista com detalhe, rigor e sentido de auto-observação e auto-critica às 9 partes deste filme da Disney.

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: