O que é a Gnose? E o que há de Gnóstico no Universo e na Humanidade?

A Gnose é originária do substantivo do verbo grego, “gignósko”, que significa conhecer. Para os Gnósticos, praticantes da Gnose, a Gnose é o conhecimento superior, interno, cientifico, artístico, filosófico, espiritual e iniciático que representa um conhecimento que nos leva à autorealização e ao desenvolvimento harmonioso connosco mesmo e com aqueles que nos rodeiam. No grego clássico e popular chamam-lhe, “koiné”, cujo significado é semelhante ao da palavra “epistéme”, que na filosofia contemporânea significa conhecimento cientifico. Enquanto a palavra Gnose significa conhecimento, o seu antagónico é Agonia, que significa ignorância.

A Gnose origina muitas palavras do nosso quotidiano, como por exemplo, prognósticos e diagnósticos.  A verdadeira Gnose é universal e promove a libertação da consciência das suas limitações/Egos, estando dirigida a todos os Seres Humanos, independente da cultura, raça, crença e orientação sexual. A palavra Gnose é o conhecimento prático que nos guia na procura de um sentido e finalidade na nossa existência. A Gnose é a pedra basilar das nossas experiências. A Gnose é a unidade de medida do Autoconhecimento. A Gnose é a ciência da consciência, pela qual devemos compreender o que é a “consciência” e como a podemos despertar.

“Não é demais, neste tratado, esclarecer de forma enfática que o Gnosticismo é um processo religioso muito íntimo, natural e profundo; profundo esoterismo autêntico, desenvolvendo-se de instante em instante, com vivências místicas muito particulares, Doutrina e ritos próprios. Doutrina extraordinária que, fundamentalmente adopta a forma mítica e, às vezes, mitológica. Liturgia mágica e inefável, com viva ilustração para a Consciência Superlativa do Ser.”

Samael Aun Weor

Nós encontramos estes princípios, como denominadores comuns, em todas as tradições e correntes autênticas, cientificas e esotéricas, entre elas: Ciência, Arte, Filosofia e Religião, que constituem as quatro colunas do Autoconhecimento. Podemos encontrar esta realidade através de documentações e teorias escritas ao longo dos Séculos, “Bíblia”, “Apócrifos”, “A Doutrina Secreta” de H.P.Blavatsky, Budistas, Bhavagad-gita, Pitágoras, Mitologia, etc…).

AS QUATRO COLUNAS DO AUTOCONHECIMENTO OU OS QUATRO PILARES DA SABEDORIA GNÓSTICA:

  1. CIÊNCIA: A Ciências Pura baseia-se principalmente na Alquimia e na Kabala. Com a alquimia aprendemos quais as reacções físico-químicas para a transmutação das nossas energias e com a Kabala aprendemos a interpretar a linguagem, os números, as teorias e a simbologia, sendo ambas, as chaves para a Mudança Interior. A Ciência Pura é aquela que nos leva a constatar e experimentar, no nosso próprio corpo/nosso laboratório individual (somos detentores de 4 corpos, 1- Corpo Físico, anatómico, orgânico e fisiológico que tem ligações anatómicas aos restantes corpos da natureza Humana, 2- Corpo Mental, cuja ligação do corpo físico é através do Cérebro, 3- Corpo Astral, cuja ligação ao corpo físico é através do  Fígado e 4-Corpo Vital, cuja ligação ao corpo físico é através do Baço), as grandes realidades que ignoramos, já que a nossa consciência se encontra adormecida e aprisionada na nossa personalidade/mascara dos nossos Egos. Somos apenas 3% Essência (Consciência) e 97% Egos (Inconsciência). Para se despertar a consciência e libertar a essência dos egos utilizam-se distintas práticas: a Meditação, Auto-observação, Viver o Aqui-e-Agora, Viagens Astrais, desenvolvimento dos Chakras, Mantras, Regressões etc…
  2. ARTE: Em todos os tempos os grandes mestres da Arte objectiva, plasmaram numa linguagem oculta muitos sinais do caminho, entre eles: Leonardo Da Vinci, Miguel Ângelo, Wagner, Goethe entre muitos outros; foram não só grandes artistas como também grandes místicos. A Arte é constituída por sete subtipos, a Oratória, a Poesia, o Canto, a Música, a Dança, a Escrita e o Teatro.
  3. FILOSOFIA: A Filosofia é a arte do pensamento, é a ferramenta para nos dar as respostas às grandes questões inquietantes da nossa Vida: Quem somos? De onde viemos e para onde vamos? Qual é o sentido de nossa existência? A filosofia gnóstica é a filosofia do momento conhecida como “ZENIT”.
  4. RELIGIÃO: Yoga no sânscrito significa União com Deus. “A religião mais elevada é o Amor Fraterno”, ensina o Mestre Samael Aun Weor.  A palavra Religião vem da palavra greco-romana “religare”, que quer dizer, voltar a unir. Indica o princípio da “Lei do Um”, que une a nossa consciência individual à Consciência Cósmica Absoluta, denominada “Protocosmos”. A nossa pequena Essência (consciência) ou chispa Divina que se deve desenvolver, consubstanciando-se, para se reintegrar no Autocosmo, responsáveis pela criação dos Universos, antes de nos reunirmos no “Protocosmos” onde seremos Todos Um, ou seja, Energia.
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: