Início > Geral > Filho de diplomata agride cadela violentamente e livra-se da prisão

Filho de diplomata agride cadela violentamente e livra-se da prisão

Esta besta devia ir presa, só que safa-se por ser quem é. Ainda levou uma pequena multa e uma pena que durante 4 anos não pode ter animais. Ao menos durante esse tempo nenhum vai sofrer.
A desculpa é que teve um dia mau. Ora vejam o video:

O filho de um diplomata da Tunísia agrediu violentamente a sua cadela porque teve «um dia mau» depois de lhe recusarem um emprego.
Mohammed Abou-Sabaa, um estudante de 21 anos, foi filmado pelas câmaras de vigilância a dar 20 murros e pontapés à sua cadela labrador, Poppy. Segundo o jornal «Daily Mail», no final ainda atirou a cadela pelas escadas abaixo.
Apesar de a atitude do jovem ser «desprezível», apanhou apenas pena de prisão de seis meses, suspensa durante dois anos, a proibição de ter animais durante quatro anos, uma coima de 1200 euros e 250 euros de trabalho comunitário não remunerado.
A decisão é justificada pelo facto de Mohammed Abou-Sabaa estar a estudar a tempo inteiro e ter mostrado arrependimento.
Poppy está ao cuidado da RSPCA, Sociedade Britânica para a Prevenção da Crueldade contra Animais, para recuperar dos traumas de que foi alvo.

Sempre atento:

Observer!

http://www.tvi24.iol.pt/internacional/tvi24-diplomata-tunisia-cadela-agressao-mohammed-abou-sabaa-/1216949-4073.html

Filho de diplomata agride cadela violentamente e livra-se da prisão

10-12-2010, por TVI Redacção / AMG.

Jovem alega ter tido «um dia mau» porque lhe recusaram emprego!

O filho de um diplomata da Tunísia agrediu violentamente a sua cadela porque teve «um dia mau» depois de lhe recusarem um emprego.

Mohammed Abou-Sabaa, um estudante de 21 anos, foi filmado pelas câmaras de vigilância a dar 20 murros e pontapés à sua cadela labrador, Poppy. Segundo o jornal «Daily Mail», no final ainda atirou a cadela pelas escadas abaixo.

Apesar de a atitude do jovem ser «desprezível», apanhou apenas pena de prisão de seis meses, suspensa durante dois anos, a proibição de ter animais durante quatro anos, uma coima de 1200 euros e 250 euros de trabalho comunitário não remunerado.

A decisão é justificada pelo facto de Mohammed Abou-Sabaa estar a estudar a tempo inteiro e ter mostrado arrependimento.

Poppy está ao cuidado da RSPCA, Sociedade Britânica para a Prevenção da Crueldade contra Animais, para recuperar dos traumas de que foi alvo.

Advertisements
Categorias:Geral
  1. aziomanoris
    Dezembro 13, 2010 às 14:37

    Este filho da ….. devia é ser morto!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: