Início > Geral > Skype e Facebook sob escuta…

Skype e Facebook sob escuta…

Uma proposta de lei que a Casa Branca quer apresentar no Congresso.

Entre a ameaça à privacidade dos utilizadores e necessidade de segurança dos governos, instala-se a polémica.

A Casa Branca deve apresentar ao Congresso, em breve, uma proposta de lei para regular serviços de comunicação on-line, em concreto, o Skype e o Facebook, para facilitar escutas de mensagens de texto e voz.

A intenção é obrigar qualquer serviço a dotar-se da capacidade de descodificar e enviar, se for necessário, ao governo toda a comunicação que passa por suas plataformas.
Funcionários de várias agências governamentais norte-americanas colaboram num primeiro rascunho do projecto de lei. A Casa Branca ainda não aprovou nenhuma versão, mas empresas e principalmente grupos de defesa da privacidade e liberdades civis estão alarmados.

As autoridades federais sustentam, como argumento, que manter sob escuta suspeitos de crimes e terrorismo é cada vez mais difícil porque as pessoas usam, cada vez mais, serviços on-line em vez de telefones.

«Estamos a falar de interceptações autorizadas por lei», disse Valerie Caproni, conselheira geral do FBI. «Não queremos expandir a autoridade, mas preservar nossa capacidade de executar a autoridade já existente para proteger o público e a segurança nacional», conclui.

Mas a ideia não é assim tão simples e revela dois perigos adicionais: a evidente ameaça à privacidade dos utilizadores da rede (até porque será mais fácil para os hackers aproveitarem esta nova vulnerabilidade) e as limitações que isso impõe ao design de programas para a rede.

«Estão a pedir autorização para forçar a reconstrução dos serviços on-line», disse James Dempsey, vice-presidente do grupo Centro para Democracia e Tecnologia (CDT). «Basicamente querem voltar no tempo em que os serviços da internet funcionavam como os do telefone», acrescenta.

Gregory Nojeim, director do programa para liberdade, segurança e tecnologia do CDT, afirmou ao jornal brasileiro Folha que a lei poderá impedir o desenvolvimento de novos serviços que ainda nem foram pensados. «Temos de garantir que necessidades legítimas de segurança do governo não ameacem o desenvolvimento da tecnologia», disse.

http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/redes-sociais-escuta-facebook-skype-eua-tvi24/1223576-4069.html

Sempre atento:

Observer!

Categorias:Geral
  1. Rui Carapinha
    Janeiro 8, 2011 às 2:00

    engraçado como tudo o que decidem implementar para vigiar as pessoas usam a desculpa de ser para segunrança…

    porque a primeira coisa que um terrorista vai fazer antes de ir rebentar consigo é ir para o skype ou para o facebook contar isso aos amigos “ah, então e hoje o que vais fazer a tarde” – “olha a tarde se calhar vou rebentar numa praça”.

    desculpas esfarrapadas.

  2. Janeiro 8, 2011 às 5:01

    Nao existem terroristas decentes. São todos pagos pelo sistema. Ou seja… só se movem quando e se o sistema quiser…

    Sempre atento:

    Observer!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: