Início > Geral > Governo – Demissão não trava promoções, 120 nomeações em sete dias

Governo – Demissão não trava promoções, 120 nomeações em sete dias

04-04-2011
Por Sandra Rodrigues dos Santos, em CM.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/120-nomeacoes-em-sete-dias

O Governo demitiu-se e está em gestão, mas isso não o tem impedido de continuar a fazer nomeações . Em apenas sete dias, o Executivo fez 120 nomeações – uma média de 17 por dia. O líder das nomeações é o Ministério da Administração Interna, com 40 casos. O Governo justifica que as nomeações estavam decididas antes da apresentação da demissão.

Os ministérios de António Serrano, Gabriela Canavilhas, Rui Pereira e Helena André (na foto) são os que mais nomeações têm realizado

 

A denúncia foi feita pela JSD, que ontem lançou um blogue no qual promete fiscalizar a acção governamental em matéria de contratações, promoções e adjudicações directas até ao dia das eleições.

“Do ponto de vista legal, já levanta dúvidas, mas do ponto de vista moral é inaceitável, principalmente tendo em conta o estado em que o País se encontra”, frisou Duarte Marques, presidente da JSD, em conversa com o CM.

De acordo com o comunicado no qual anuncia a criação do blogue de denúncia – ‘http://opovoequepaga.blogspot.com’ -, a JSD refere que desde dia 23 de Março foram nomeadas 40 pessoas no Ministério da Administração Interna, 14 pessoas no Ministério da Agricultura, 13 pessoas no Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social e 8 pessoas no Ministério da Cultura.

Quanto à questão de as nomeações já estarem previstas, conforme justifica o Governo (ver caixa), Duarte Marques afirma que “o problema não são só essas, mas as que vão continuar a ser feitas”. “Parece o casal que se vai divorciar e mesmo antes da decisão ser oficializada vai comprar casa e depois logo se verá o que acontece”, sublinhou o líder da JSD.

NOVOS DIRECTORES NO IEFP

O Conselho Directivo do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) nomeou três novos directores para os Centros de Emprego de Bragança, Chaves e Vila Real.

De acordo com despachos publicados em Diário da República, os nomeados já ocupavam os cargos em substituição dos antigos directores e foram a melhor opção apresentada em concursos públicos.

Os nomeados foram Fernando Calado, para Bragança – que figurou na lista do PS à autarquia da cidade nas últimas autárquicas -, Nuno Rodrigues, para Chaves, ex-vereador da Câmara, e Doroteia Abraão, para Vila Real.

O Governo garantiu ontem que, apesar de publicadas em Diário da República após o anúncio de demissão, todas as nomeações foram feitas antes dessa data com excepção de uma – a do coordenador nacional de saúde mental, Álvaro de Carvalho.

Categorias:Geral
  1. Observer
    Abril 4, 2011 às 16:54

    Também não gosto do governo e dos nossos politicos. Mas, porem antes de postar aqui qq coisa confirmo. E esta noticia ja foi desmentida, senao eu proprio ja a tinha postado, visto que já tem uma semana.

    Sempre atento:

    Observer!

  2. aziomanoris
    Abril 6, 2011 às 21:18

    Foi desmentida a noticia de 156 nomeações, mas que de facto foram feitas 120 foram e não é por o governo desmentir, que não deixam de estar publicadas as contratações no Diário da República.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: