Archive

Archive for Agosto, 2011

Descoberta do MIT poderá colocar fim a infecções virais

Cientistas desenvolveram um medicamente altamente eficaz contra vírus como os da gripe e das febres hemorrágicas

Há descobertas na medicina que representam saltos revolucionários na forma de tratar doenças. Uma equipa da MIT (o Instituto de Tecnologia do Massachusetts), nos EUA, desenvolveu um medicamento que poderá representar no combate aos vírus o que a penicilina representou no tratamento das infecções bacteriológicas.

Segundo o «MITnews», os cientistas do Laboratório Lincoln, do MIT, conseguiram desenvolver um fármaco que consegue identificar células infectadas por qualquer tipo de vírus e eliminá-las.

Num artigo publicado no jornal «PLoS One» foram publicados os resultados dos efeitos do medicamento contra 15 vírus. A eficácia foi total. Entre eles estavam rinovirus, responsáveis pelas constipações, H1N1, vírus estomacais, da poliomielite‎, o da dengue e outros responsáveis por vários tipos de febres hemorrágicas.

A droga ataca um tipo de ARN (acido ribonucleico ¿ responsável pela síntese de proteínas da célula) produzido apenas pelas células que foram infectadas por vírus, explica o «MITnews».

«Em teoria, deve funcionar contra todos os vírus», disse Todd Rider, cientista que integra o laboratório que fez esta descoberta.

http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/virus-mit-gripe-tvi24-saude-medicina/1273663-4069.html

Sempre atento:

Observer!

Categorias:Geral

Tatuagem electrónica monitoriza sinais vitais

Sensor é colocado na pele como uma tatuagem temporária

Uma tatuagem electrónica permite monitorizar doentes, através de um chip colocado na pele do paciente, e ajudar a controlar à distância o coração e o cérebro, avança a «BBC Brasil».

O projecto vai revolucionar a maneira de acompanhamento de doentes e através de um sensor mais fino que um cabelo humano, colocado na pele como uma tatuagem temporária, pode ser movido, dobrado e esticado sem partir.

De acordo com um estudo publicado na revista científica «Science», a tatuagem electrónica pode mesmo substituir equipamentos maiores, usados pelos hospitais e que não permitem ao paciente fazer uma vida normal.

O sensor será desenvolvido com partes electrónicas onduladas, para que possa ser esticado e apertado com a pele. Existirão também minúsculas células solares, que permitem gerar e captar energia a partir da radiação electromagnética.

Inserido numa lâmina de plástico solúvel em água, o sensor poderá ser colocado apenas esfregando-o na pele, com água, como se tratasse de uma tatuagem electrónica.

Esta tecnologia poderá ajudar a monitorizar bebés prematuros, ou até mesmo pacientes com apneia do sono, que precisam de acompanhamento durante a noite.

Todd Coleman, professor da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, acredita que este sensor é melhor do que o paciente ter um aparelho grande atrás de si. «A melhor maneira para fazer isso é gravar sinais neurais em cenários naturais, com aparelhos que sejam invisíveis ao usuário.»

A tatuagem já foi testada por 24 horas, sem perder sinal, e sem irritação de pele. No entanto, o uso de longo prazo, ainda não foi registado com sucesso, uma vez que a pele produz novas células, e as da superfície morrem e são eliminadas, o que obriga, por enquanto, que seja colocado um novo sensor a cada duas semanas.

http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/saude-tatuagem-chip-apneia-tvi24/1273415-4069.html

Sempre atento:

Observer!

Categorias:Geral

Soldado guardava dedos de talibãs… como lembrança

«Os rumores dizem que os guardava como recordação, o que é algo muito macabro»

Um soldado britânico costumava cortar dedos de talibãs mortos em combate no Afeganistão e guardava-os como recordação. A informação foi avançada pelo jornal britânico «The Sun», esta segunda-feira, e o ministério da Defesa confirmou que está a investigar o caso.

O soldado do V Batalhão do Regime Real da Escócia voltou ao Reino Unido e está a ser alvo de investigação pela macabra colecção que fez na sua segunda missão no Afeganistão.

Segundo uma fonte não identificada, o soldado aparentemente «cortava um dedo de cada talibã morto em combate. Os rumores dizem que os guardava como recordação, o que é algo muito macabro».

As alegações abalaram o batalhão onde estava incorporado o militar. Estas revelações são chocantes e vão contra a tradição muçulmana, segundo a qual o morto deve ser enterrado com todas as partes do seu corpo.

http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/taliba–soldado-mutilacao-afeganistao-tvi24/1271809-4069.html

Sempre atento:

Observer!

Categorias:Geral

Sonda Juno já vai em direcção a Júpiter

Vai demorar cinco anos a chegar e vai dar 33 voltas ao planeta

A sonda Juno partiu esta sexta-feira da Florida, nos EUA, em direcção a Júpiter.

A viagem no foguetão Atlas V vai demorar cinco anos. A chegada está prevista para Julho de 2016.

O objectivo é estudar o maior planeta do Sistema Solar durante um ano, com 33 voltas a toda a superfície de Júpiter.

Juno vai tentar avaliar a quantidade de água que o planeta contém e saber mais sobre os seus campos magnéticos e a sua mancha vermelha.

O custo da missão está avaliado em 1,1 mil milhões de dólares (cerca de 777 milhões de euros).

No fim, a sonda vai entrar na atmosfera de Júpiter e colidir.

http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/juno-sonda-jupiter-nasa-tvi24/1271404-4069.html

Sempre atento:

Observer!

Categorias:Geral

Um hacker pode «explodir» um computador à distância

Descoberta uma forma de boicotar bateria do MacBook

Um hacker pode desligar ou até explodir a bateria de um computador. Charlie Miller derrubou a segurança da Apple e conseguiu encontrar uma forma de derrubar o funcionamento de baterias de um computador.

Como é que é que uma pessoa pode fazer explodir um computador sem estar perto dele? Charlie Miller explicou à «CNN» como fazê-lo.

Basta interferir com o software que envolve a sua bateria. Explodir não será, por enquanto, a palavra certa. Miller fez desligar a bateria do MacBook, da Apple.

«A forma como as baterias são carregadas no computador tem um pequeno chip (…) O chip vai dizer qual a quantidade de carga que tem, a quantidade de carga que necessita, a quantidade de carga que deve dar-lhe…esse tipo de coisas. O que eu descobri foi como alterar o software que roda nesse chip», explicou Miller.

O consultor informático indica que a Apple não altera as duas senhas que lhe permitem aceder ao chip da bateria, daí ter sido mais fácil o acesso. Começou esta experiência há quatro anos, numa altura em que considerava mais fácil quebrar a segurança da Apple, com o «Windows».

O motivo que levou Miller a fazer esta experiência com a bateria do MacBook, é de ter certeza que o produto que compra é inteiramente seguro.«Esse é o meu trabalho. Descobrir o que está seguro e que não é seguro», confessa.

A descoberta foi revelada e demonstrada numa palestra, mas Miller garante que antes de o revelar publicamente contactou a Apple para dar a conhecer a sua pesquisa sobre a bateria, mas sem resposta.

Afirma ainda que não quer ser adversário da marca, quer sim «corrigir as coisas, para que fiquem melhor». A empresa ainda não teceu qualquer comentário.

http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/apple-hacker-macbook-tvi24/1271373-4069.html

Sempre atento:

Observer!

Categorias:Geral

Complejo de superioridad, disfraz para los débiles

Agosto 16, 2011 Deixe um comentário
John Santana, El Heraldo – jue, 11 ago 2011 05:19 CDT
 
¿Alguna vez usted fue víctima de alguien agresivo, desafiante, que lo hizo sentir incapaz e inferior?
 
Respire con tranquilidad, pues es probable que su ‘verdugo’ de aquel tiempo tenga menos orgullo y se sienta peor consigo mismo.

Nuevos estudios de la psiquis indican que la gente explosiva, dispuesta a pelear en todo momento y llena de rencor trata de esconder sus puntos débiles con esas características, las cuales corresponden al prototipo de personas que sufren de complejo de inferioridad.

En otras palabras, el complejo contrario, el de superioridad, no es más que la armadura que cubre lo que la gente odia de sí misma y eso, a su vez, quiere decir que las dos situaciones se pueden dar al mismo tiempo y en la misma persona.

De acuerdo con el psicoanalista dominicano y autor de varios libros de autoayuda Ray Bueno, los dos problemas se manifiestan de diferentes maneras pero por una misma razón y es el rechazo por sí mismo, por lo que “el individuo se idealiza y trata de ser alguien diferente”, señala en su más reciente documento en el que analiza los dos padecimientos y que fue publicado en marzo de 2010 en la red. Ler mais…

The London Riots and How They Will be Used to the Elite’s Advantage

Agosto 16, 2011 Deixe um comentário

By | August 10th, 2011 |


Originally triggered by a case of police brutality, the London riots soon became a generalized expression of malcontent from today’s young proletariat. The cramming of the unprivileged into neighbourhoods resembling ghettos combined with continued police oppression has always been an explosive combination. The Los Angeles riots of 1992 and the French riots of 2010 took place in very similar circumstances. While it is obvious that many rioters have absolutely no political agenda except for the looting of a few bottles of liquor, the riots are nevertheless the accumulated result of years of segregation of the poor and minorities in conjunction with the type of police oppression not found in well-to-do suburban areas. Ler mais…