Archive

Archive for the ‘Ecologia’ Category

CHEMTRAILS em Portugal

Maio 18, 2011 31 comentários
Diferença entre Contrails e Chemtrails: 
Almada03Julh10Os Contrails – rastros deixados por aviões comerciais normais derivados das diferenças de temperatura dos gases deitados pelas turbinas, desaparecem segundos depois de sua formação, acompanhando o percurso do avião e, só se formam, sob certas condições:

* Altura superior a 8000 metros. * Humidade relativa igual ou superior a 70%. * Temperatura inferior a – 40º C. Contudo os Chemtrails são formados por toxinas e metais pesados, dispersos deliberadamente com uma intenção (projecto Coverleaf / Case Orange) através de aviões preparados para o efeito, aparecem em altitudes inferiores onde a temperatura não chega a esses mínimos e, permanecem ali durante horas no céu.

  Ler mais…

Categorias:Ecologia, Geral

Colisões podem destruir satélites de comunicação na Terra

Fevereiro 6, 2011 2 comentários

O volume de foguetes abandonados, de satélites quebrados e estilhaços, de mísseis na órbita da Terra e toda uma gama de detritos da industria espacial estão a atingir um “ponto de inflexão”, e agora ameaçam os US $ 250 mil milhões no sector de serviços espaciais.

Uma única colisão entre dois satélites ou grandes pedaços de “lixo espacial” poderão enviar milhares de detritos dos escombros em órbita uns contra os outros, cuja colisão entre eles e/ou com os satélites em serviço podem encadear uma reacção descontrolada capaz de destruir a rede de comunicações na Terra: GPS (Sistemas de Posicionamento Global), ligações telefónicas, os sinais de televisão e as previsões meteorológicas estão entre os serviços que estão em risco caso tais colisões se venham verificar.

Esta “reacção em cadeia” pode deixar algumas órbitas atoladas em detritos que se tornam inutilizáveis quer para satélites comerciais quer para militares, advertiu o Departamento de Defesa Espacial dos US  no ano passado.

Também há o risco que grandes exemplares dos destroços possam ameaçar a vida dos astronautas em actividade nas naves espaciais ou mesma na Estação Espacial Internacional.

http://www.telegraph.co.uk/science/space/8295546/Space-so-full-of-junk-that-a-satellite-collision-could-destroy-communications-on-Earth.html

Inédito – Pinguins no litoral nordeste do Brasil

Janeiro 26, 2011 1 comentário

Há dois anos atrás 220 Pinguins perdidos foram dar à zona costeira do nordeste brasileiros. Tal como nós, todos os animais que connosco coabitam neste planeta estão desnorteados.  A causa parece ser a inversão dos pólos magnéticos da Terra, parece que esta quer reestabelecer a ordem perdida, e que por este motivo a temperatura do núcleo da Terra aumenta dia após dia, o número de abelhas diminui exponencialmente, caem misteriosamente pássaros mortos dos céus em pontos dispares do planeta e diminuem largamente o número espécies aquáticas.

Em alguns pontos do planeta temos picos de temperaturas máximas no Verão e mínimos históricos no Inverno como é o caso nos EUA que durante este ultimo fim-de-semana, alguns Estados, atingiram -43°C. Sem esquecer a sequência periódica de catástrofes climáticas, só em 2010, tivemos cheias na Madeira e Paquistão, terramoto no Haiti, sismo no Chile e China, erupção vulcânica na Islândia e Indonésia, seca na Nigéria, vagas de incêndios na Rússia, derrame de crude no Golfo do México… e um pouco por todo o Mundo.

E só recentemente é que se começou a sentir em grande força e com periodicidade cada mais curta. O que virá a seguir? Que se passará realmente com o Planeta Terra?

O inverno no Brasil está sendo marcado pela localização de pingüins em maior quantidade e em áreas incomuns do litoral brasileiro para esse tipo de ocorrência.

As aves estão se afastando de suas colônias no extremo sul do continente e já aparecem até no Nordeste brasileiro.

Nas últimas semanas, institutos de proteção a animais registraram grande quantidade de pingüins da espécie magalhães em praias do Rio Grande do Sul à Bahia.

Pingüins-de-magalhães (_Spheniscus magellanicus_) invadem o litoral brasileiro nesta época vindos do extremo sul do continente
Pingüins-de-magalhães (Spheniscus magellanicus) invadem o litoral brasileiro nesta época vindos do extremo sul do continente

Ler mais…

Flúor na Água Canalizada

Janeiro 5, 2011 12 comentários

Recentemente descobri que existe um grande problema com água da torneira, esta água consumida e usada por nós para todas as necessidades domésticas, está fortemente “fluoretada” e não há filtros que nos valham.

O Flúor é 9º elemento da Tabela Periódico, a sua estrutura cristalina é cúbica, porém o seu estado natural na natureza é gasoso e é o elemento mais electronegativo e reactivo da mesma tabela. O flúor é o primeiro dos halogéneos sendo a sua forma ionizada F extremamente perigosa, podendo provocar danos graves, queimaduras químicas caso esteja em contacto com tecidos vivos. O flúor é o halogéneo mais abundante na crosta terrestre, com uma concentração de 950 ppm. Na água do mar encontra-se numa proporção de aproximadamente 1,3 ppm. Os minerais mais importantes no qual está presente são a CaF2, a Ca5(PO4)3F e a Na3AlF6. O flúor é um gás tóxico que mesmo na ausência de luz e a baixas temperaturas reage com o hidrogénio, elemento com o qual tem mais afinidade electrónica. O flúor também possui muita afinidade com o silício, por isso o ácido fluorídrico corrói o vidro e alguns metais.

A maioria das pessoas desconhece, mas o flúor trás mais perigos à saúde humana do que benefícios à mesma, e está presente em muitas substâncias quotidianamente usadas por nós: pasta de dentes, tratamentos dentários, fio dental, produtos para bochechar, ainda existe flúor em alguns chás, alguns medicamentos, nas panelas anti-aderentes, em todos os materiais constituídos por alumínio (porque o flúor é um subproduto efluente na produção do alumínio) e em muitas outras coisas tais como a água que sai pelas torneiras das nossas casas.

Embora pareça descabido e disparatado, contrariamente ao que se diz, o flúor provoca danos no esmalte dos dentes, causando fluorose dentária, os dentes perdem a sua cor e brilho naturais, tornando-se mais frágeis e quebradiços. Além disso, o flúor provoca precipitação de cálcio, o que prejudica a estrutura óssea dos dentes, sendo composta principalmente por cálcio, também pode causar osteoporose. A acumulação de depósitos de cálcio nas artérias pode conduzir-nos a doenças cardíacas e ateriosclerose. O Flúor também mineraliza tendões, músculos e ligamentos tornando-os frágeis e inflexíveis.

Há meses atrás assisti a uma palestra onde falavam como o fluoreto provoca a calcificação da glândula pineal, envolvendo-a numa crosta de cálcio. E todos sabemos, principalmente os mais crentes, o quão importante é esta glândula, conhecida nas Escolas de Mistérios como o “terceiro olho”, para o funcionamento do corpo humano. Entre outras coisas, o flúor acumula-se na glândula, causando uma redução na produção de melatonina, uma hormona que produz efeitos anticancerígenos.

Ainda encontrei dados que atestam que Hitler usou água fluoretada para controlar a população dos territórios conquistados, mas não fazia o mesmo na Alemanha. E que a China ainda se usa Flúor na água canalizada com o objectivo de controlar a Taxa de Natalidade.

Paralelamente aos enganosos benefícios do consumo do flúor, crescem internacionalmente movimentos que apoiam o fim do consumo de água mineral engarrafada, quer em programas de TV, quer em decretos de Lei como os que já foram aprovados em alguns países anglo-saxónicos, justificando-se com questões ambientais como a produção de garrafas de plásticos através do petróleo, o grande volume de resíduos por ele provocado e na qualidade analítica da água potável tratada (tendo esta última já sido desmentida).

Em vez de se apelar à reciclagem das garrafas de plástico como se costuma fazer com todo o tipo de resíduos, quando o assunto são as garrafas de plásticos de água mineral, os apelos são outros: o  não-consumo da água mineral para se poupar petróleo e diminuir o volume de resíduos.

Clique Aqui : Por esta razão, apoio a iniciativa criada numa página do Facebook por um elemento do Portugal Esotérico.org que referencia esta problemática.

Fluoride water ‘causes cancer’ – http://www.guardian.co.uk/society/2005/jun/12/medicineandhealth.genderissues

Movimento contra a fluoretação das águas de abastecimento no Brasil – http://venenofluor.blogspot.com

E Finalmente… A qualidade analítica de ambas as águas:

The research presented in other sections from Healthy Water has been based mainly on human studies usually looking at large populations or epidemiological analysis. These numerous studies have lead me to advocate that a “healthy water” is one that contains moderate amounts of TDS, is hard, and has an alkaline pH. What do the animal studies reveal?

Most animal experiments use water that is made “hard” or “soft” to which various harmful substances like cadmium, lead, chlorine or fluoride, have been added. What is usually found is that animals drinking the hard water have less of the harmful agent in their tissues than the animals drinking the soft water.

The animal experiments dramatically and clearly support the main conclusions observed from the human studies. Namely, hard water is healthier than soft water. References: (1) , (6) , (19) , (27) , (32) , (36) , (37):

Clicar em http://translate.google.pt/translate?hl=pt-PT&sl=en&tl=pt&u=http://blog.watershed.net/2008/06/01/why-mineral-water-is-the-best-drinking-water/&anno=2

(Em actualização)

The Yes Men Fix The World – Uma forma diferente de ser um activista pacífico

Agosto 26, 2010 4 comentários

The Yes Men Fix The World é um Documentário hilariante sobre dois activistas políticos que se fazem passar por responsáveis de grandes empresas, grupos e corporações adeptas do culto da ganância e fazem as mais divertidas acções para chamar a atenção para assuntos muito sérios.

Desde ir para a televisão em directo a anunciar o pagamento de  biliões de dólares para reparar um desastre ambiental (fazendo-se passar por um responsável da empresa) ou criar um fato-bolha surreal e apresentá-lo como solução da Halliburton, entre outras, valeu tudo para colocar em foco as questões verdadeiramente importantes.

[blip.tv ?posts_id=3997547&dest=-1]

Agora a grande questão é…

…Seria possível fazer algo semelhante em Portugal?:)

Opinem, comentem…queremos saber as vossas opiniões.

Chemtrails – A verdade escondida dos nosso céus

Agosto 26, 2010 2 comentários

Uma série de  documentários a não perder sobre este fenómeno que acontece um pouco por todo o mundo mas que passa perfeitamente despercebido no nosso dia-a-dia.

É defendido que  maioria dos chemtrails são realizados durante a noite. Embora já tenham sido registados inúmeros casos em que aconteceram em plena luz do dia, á vista de todos, sobre capitais de todo o Mundo.

E foram já registados no mais variado tipo de aeronave, independentemente da sua dimensão, sejam de carga ou de passageiros, civis e militares.

Presume-se que os chemtrails possam conter muitos metais pesados (tais como titânio, alumínio, bário, mercúrio, etc…entre outros metais tóxicos).

O porquê destes actos?

Com que objectivo?

O que se passa afinal nos nossos céus??

Primeiro Documentário:

[blip.tv ?posts_id=1991679&dest=-1]

Segundo Documentário:

[blip.tv ?posts_id=3736479&dest=-1]

(legendado)

Cientistas prevêem repetição de fenómeno “Biblico”

Junho 9, 2010 3 comentários

Earth’s magnetic field is fading. Today it is about 10 percent weaker than it was when German mathematician Carl Friedrich Gauss started keeping tabs on it in 1845, scientists say.

If the trend continues, the field may collapse altogether and then reverse. Compasses would point south instead of north.

Not surprisingly, Hollywood has already seized on this new twist in the natural-disaster genre. Last year Tinseltown released The Core, a film in which the collapse of Earth’s magnetic field leads to massive electrical storms, blasts of solar radiation, and birds incapable of navigation.
Ler mais…